Cinema e Séries

'Ilha de Ferro' estreia primeira temporada na Globoplay com mais duas já confirmadas

Minissérie com Cauã Reymond e Maria Casadevall é nova aposta da Globo

Cauã Reymond em 'Ilha de Ferro'
Cauã Reymond em cena de 'Ilha de Ferro' - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Cris Veronez
Rio de Janeiro

Os 12 capítulos da série "Ilha de Ferro", produzida exclusivamente para o Globoplay, estarão disponíveis na plataforma de streaming nesta quarta (14). Uma exibição especial do primeiro episódio irá ao ar também na TV Globo, no dia 19 de novembro, durante o "Tela Quente Especial".

A estratégia é a mesma que foi utilizada no lançamento de "Assédio" e de  "The Good Doctor", originalmente do canal americano ABC, que se tornou o maior sucesso do Globoplay em seus três anos. 

A autora Adriana Lunardi confirmou, nesta terça-feira (13), que as gravações da segunda temporada da série já estão sendo feitas e que o Globoplay solicitou uma terceira, cuja trama ainda não começou a ser escrita.

A série conta a história de Dante (Cauã Reymond) e Júlia (Maria Casadevall). Assim como os demais petroleiros, eles vivem temporadas em terra e no mar, onde passam duas semanas inteiramente confinados na PLT-137, a ilha de ferro, localizada a uma hora de helicóptero da costa brasileira.

Os petroleiros enfrentam todo o tipo de desafio para manter a produção em dia, e ao voltarem para casa dão de cara com seus dramas familiares. No caso de Dante, sua mulher, Leona (Sophie Charlotte), lhe conta logo no primeiro capítulo que transou com o cunhado, Bruno (Klebber Toledo). Há uma briga entre os irmãos e Bruno fica em coma.

Animado com a estreia, Reymond afirmou: "Hoje em dia o que eu mais gosto de fazer é série".

Com supervisão de texto de Mauro Wilson e direção artística de Afonso Poyart, "Ilha de Ferro" foi criada e escrita por Adriana Lunardi e Max Mallman, morto em 2016. "Quando estávamos no episódio oito, Max [Mallman] morreu. 'Ilha de Ferro' é uma justa homenagem a ele", afirmou Lunardi.

​A expectativa da emissora é que a produção atraia audiência parecida com a de "Carcereiros", que voltou a ser exibida em outubro. A minissérie reforça o catálogo de atrações do serviço de streaming do canal, iniciativa que contempla um público consumidor de conteúdo pela internet.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias