Carnaval

'Queria mais pelada', diz ex-BBB Patrícia Leitte sobre estreia na Sapucaí

'Fiz lipoescultura e turbinei o bumbum com a gordura'

Patrícia Leitte vai desfilar como destaque do carro abre-alas da União da Ilha do Governador - Reprodução/Instagram/patricia
ANA CORA LIMA
Rio de Janeiro

Desfilar em uma escola de samba do Carnaval do Rio sempre foi um sonho para a ex-BBB Patrícia Leitte e, um ano depois de deixar o programa que provocou uma reviravolta em sua vida, a ex-servidora pública de Fortaleza vai estrear na Marquês de Sapucaí.

Com 815 mil seguidores no Instagram, a influenciadora digital vem com destaque central do carro abre-alas da União da Ilha Do Governador, a quarta escola a entrar na avenida no dia 4 de março. A agremiação terá o enredo, "A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu", que fala sobre o estado do Ceará. 

Na semana passada, Patrícia, 33, visitou o barracão da escola para tirar as medidas da fantasia e gostou de cara do figurino ousado, assinado pelo carnavalesco Severo Luzardo. "Não posso dar spoiler, mas eu amei tudo. Venho seminua! Tem costeiro, tem faisão, tem uma coisinha para cobrir os seios, mas é uma fantasia minúscula. Na verdade, eu queria mais pelada para poder mostrar o resultado das plásticas. Só de tapa-sexo porque estou podendo, né?", brincou.

Desde que acabou o BBB 18, Patrícia perdeu 15 quilos e pulou do manequim 42 para 38. "Só não visto 36 porque fica muito apertado no bumbum. Fiz lipoescultura e turbinei o bumbum com a gordura. Também fiz outros procedimentos", assume.

Ela fala sem o menor problema das cirurgias pelas quais se submeteu, entre elas abdominoplastia, colocação de próteses de 350 ml de silicone nos seios e lipoaspiração na papada. "Ainda quero perder mais quatro quilos até o Carnaval para ficar mais definida", afirmou a ex-"sister", que contratou uma equipe formada por nutrólogo, nutricionista e personal trainer para atingir seu objetivo.

O samba-enredo já está na ponta de língua, e Patrícia conta que gostaria de vir no chão para mostrar sua habilidade na dança. "Recebi o convite no Réveillon de Fortaleza, quando a escola foi se apresentar no show da virada. Na época, todos os postos já tinham sido definidos e não seria justo com ninguém tirar uma pessoa, colocar outra e eu também não me sentiria à vontade. Mas avisei que, em 2020, eu quero me acabar na pista. Agora não saio mais da União da Ilha do Governador", disse Patrícia.

Além de desfilar, ela vai passar as quatro noites em um camarote na Sapucaí. Mesmo eliminada do reality show com recorde de rejeição num paredão triplo (foram 94,26% dos votos, Diego e Caruso continuaram no jogo), Patrícia sente saudades do programa.

"Foi uma experiência incrível e não me arrependo de nada. O BBB só me acrescentou e até mesmo os problemas que enfrentei logo após a minha saída. Sinto muitas saudades e sabe que senti ciúmes da casa quando começou a atual edição", entregou Patrícia, que torce por Danrley e Rodrigo.

"Tenho acompanhado o programa todo e eles dois são os que mais me agradam. Vejo quase 24 horas porque fui contratada há três dias para ser a repórter do BBB da filial da Globo em Fortaleza. Estou muito feliz", completou. 

UOL
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias