Carnaval

Atrizes cobram cachê de até R$ 80 mil para participar de camarotes no Rio, diz colunista

Pacotes com empresas incluem mordomias, cercadinho VIP e convites para amigos

Cleo, Juliana Paes, Deborah Secco e Paolla Oliveira em fotomontagem - Fotomontagem

São Paulo

Fazer presença VIP em camarotes da Sapucaí, a avenida do samba do Rio de Janeiro, não custa mais tão caro assim quanto antigamente, quando os cachês de artistas da Globo chegavam a sair por valores na faixa dos R$ 500 mil.

De acordo com a colunista Marina Caruso, do jornal O Globo, famosas como Paolla Oliveira, Juliana Paes e Deborah Secco —que recentemente estrelaram novelas da faixa das 21 horas—, cobram de R$ 50 mil a R$ 80 mil por dia. Os pacotes das atrizes fechados com empresas incluem mordomias como camarim exclusivo, cercadinho VIP e convites para amigos.

Ainda segundo Marina Caruso, a atriz e cantora Cleo vai repetir a dose do ano passado, quando foi uma das principais estrelas do camarote de uma cervejaria. O pacote dela para os dois dias de desfile mais o desfile das campeãs teria saído por R$ 80 mil, informa a colunista.

No Carnaval de 2018, Cleo chegou à Sapucaí com os seios à mostra tapados apenas por um par de adesivos em formato de coração. Segundo ela, a fantasia era de "musa do amor"

Deborah Secco, além de fazer presença VIP em camarote, vai ser rainha do Baile do Copa, posto ocupado, no ano passado, pela atriz Isis Valverde. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem