Carnaval 2018

Sabrina Sato conta como é o antes, o durante e o depois de desfilar na Anhembi e na Sapucaí

Apresentadora vai atravessar as passarelas do samba pela Gaviões da Fiel e pela Vila Isabel 

Sabrina Sato posa com maiô de Carnaval cedido por Luiza Brunet
Sabrina Sato posa com maiô de Carnaval cedido por Luiza Brunet - Pedrita Junckes/8588 Studio

São Paulo

O Carnaval é sempre uma época de muito trabalho —e também de diversão, claro— para a apresentadora Sabrina Sato, 37. 

Neste ano, sua folia começou oficialmente quando foi coroada rainha do Glam Gay 2018. Na ocasião, a artista se vestiu de Isabelita dos Patins, drag queen argentina que fez sucesso em 1993, quando posou com o então candidato à Presidência da República, Fernando Henrique Cardoso.

Neste fim de semana é a vez da apresentadora desfilar nas passarelas do samba. Na noite deste sábado (10), ela estará sozinha à frente da bateria da Gaviões da Fiel, escola de samba de São Paulo. 

A artista, que já é madrinha da Ritimão, será o grande --e único--  destaque dos ritmistas por causa do afastamento da rainha, Tati Minerato, e da imperatriz, Renata Teruel, que protagonizaram uma briga no final de janeiro. 

Logo depois, no domingo, Sabrina desfilará como rainha de bateria da Vila Isabel, escola do Rio de Janeiro. Sobre o corre-corre das avenidas Anhembi, na capital paulista, e Sapucaí, na capital fluminense, perguntamos à artista como é o antes, o durante e o depois da passarela.

As fotos que ilustram este texto foram feitas com exclusividade para o "F5". Para o ensaio, Sabrina vestiu um body cedido por Luiza  Brunet. 

Sabrina Sato posa com maiô de Carnaval cedido por Luiza Brunet
Sabrina Sato posa com maiô de Carnaval cedido por Luiza Brunet - Pedrita Junckes/8588 Studio

ANTES

No camarim, faz uma oração. Depois, na avenida, reza com todos da escola.

DURANTE

Apesar de desfilar há anos, continua se emocionando sempre que cai na avenida.

DEPOIS

Para recarregar as energias, bebe bastante água de coco.

 
 
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem