Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Paulo André recusa presente de Maíra Cardi: 'Não poderia aceitar'

Atleta agradece a promessa de um quarto todo decorado para filho Peazinho

Um homem vestido de coelhinho da Páscoa abraça o amigo no jardim
Paulo André e Arthur Aguiar eram bem próximos dentro do reality da Globo - 7.abr.2022/Globoplay
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Rio de Janeiro

O ex-BBB Paulo André agradeceu, mas não aceitou o mimo que teria ganho de Maíra Cardi, quando ainda estava confinado na casa do Big Brother Brasil 22 (Globo). A empresária e mulher do campeão da edição, Arthur Aguiar, havia anunciado que presentearia o filho do atleta pela "bela amizade" entre os dois participantes dentro do reality.

Nesta quarta-feira (11), Paulo André explicou o motivo da recusa de um quarto todo decorado para o filho Peazinho, oito meses. Maíra, que também é coach, já tinha até fechado com várias marcas para presentear o menino, fruto do relacionamento do velocista com a influeciadora Thays Andreata.

"Então, durante o BBB, a minha equipe deixou em aberto para que eu pudesse responder quando estivesse aqui fora. Achei uma ação linda, realmente tem muitas crianças precisando disso. E por isso mesmo eu não poderia aceitar. Entrei no programa para dar uma vida melhor à minha família, mas graças a Deus nunca faltou nada para eles e nem para o Peazinho. Esse quarto seria mais válido para alguém que não tem condições, e que realmente esteja precisando. Seria mais justo", respondeu Paulo André ao perfil Gossip do Dia.

Paulo André, 23, que acabou sendo eleito pela votação do público como vice-campeão da atração, é o mais novo modelo da agência WAY Model. Ele assinou contrato e agora é colega de outros nomes como Sasha Meneghel, Alessandra Ambrosio e Carol Trentini.

Em entrevista recente ao F5, um dia após a final que deu o título da temporada para Arthur Aguiar, Paulo André disse que queria aproveitar as oportunidades como músico e também como modelo, além, claro, de continuar a sonhar com medalhas nas pistas. "Entrei para dar mais visibilidade ao esporte, lutamos para o atletismo ser reconhecido. O atletismo continua sendo a coisa que mais amo", contou ele.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem