Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Marcus Buaiz se pronuncia sobre separação de Wanessa Camargo: 'Consensual'

Empresário nega ainda boatos de que estaria com depressão por conta do divórcio

Homem de terno dança com noiva no dia do casamento do casal em um salão de festa
Wanessa Camargo e Marcus Buaiz se separaram depois de um relacionamento de 17 anos - Luciana Prezia/Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

A separação de Wanessa Camargo, 39, e Marcus Buaiz ,42, ainda rende polêmicas e o empresário resolveu se pronunciar depois de vários boatos envolvendo o fim do casamento e, especialmente, relacionado com o seu atual estado de saúde. O ex-genro de Zezé di Camargo e Zilu Godoi negou que esteja com depressão e que até a suposta doença anda afetando seus negócios.

"Não estou deprimido, minha saúde física e mental está em perfeito estado, graças a Deus. Estou celebrando mais um avanço na minha carreira profissional e de muita responsabilidade. Só tenho a agradecer a quem me confiou essa nova posição", começou Buaiz, que acabou de assumir a presidência do conselho administrativo da Spark, maior grupo especializado em marketing de influência do Brasil.

Buaiz ainda resolveu emitir um comunicado, através de sua assessoria de imprensa, para desmentir algumas fake news que começaram a circular nesta segunda-feira (23) com seu nome como ter contratado um detetive para vigiar Wanessa, quando ainda eram casados.

"A assessoria de imprensa de Marcus Buaiz esclarece que o empresário não apresenta problemas de saúde e desmente a informação que isso estaria trazendo prejuízo a seu trabalho", inicia o comunicado. Esclarecemos também que nunca houve qualquer contratação de detetives por Buaiz e que sua separação foi consensual e respeitosa. Qualquer informação diferente destas são inverdade", diz o comunicado enviado ao jornal Extra.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem