Celebridades

Victor Lamoglia comanda game show de comédia: 'Pelo bem do humor'

M.E.M.E estreia nesta segunda-feira na TNT às 23h

Victor Lamoglia no cenário de gravação do game show M.E.M.E da Comédia (TNT) Divulgação/TNT

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Pela primeira vez no comando de um programa, o ator Victor Lamoglia, 28, apresenta o game show de comédia M.E.M.E - Mais Espetacular e Magnífico Espetáculo da Comédia (TNT), que estreia nesta segunda-feira (13), às 23h. “Sempre gostei de apresentar, mas nunca tinha tido a experiência de apresentar um programa de fato”, comenta.

O projeto irá apresentar 16 comediantes, que vão competir entre si para vencer o jogo. Ao longo de 15 episódios, os comediantes de diversos estilos e lugares do Brasil irão tentar encantar o júri composto por Ed Gama, Letícia Lima e Fafy Siqueira. “Juntou um monte de coisa que eu gosto, e quando as pessoas envolvidas começaram a falar, eu só falei: ‘Amei!’”, relembra.

O ex-Porta dos Fundos afirma que já conhecia o trabalho dos jurados e que foi fácil criar “o espírito de 5ª série” presente nos episódios. O cenário remete ao velho oeste, e as provas vão desde desafios de improviso até minishows de stand-up comedy. “Tínhamos uma regra que era brincar o tempo todo e não se levar a sério”, completa ele, em entrevista ao F5.

Os episódios foram gravados durante a pandemia, e apesar de ser um jogo de comédia, o programa não teve plateia. “Isso acabou prejudicando os participantes, porque eles precisam da resposta direta, da risada”, explica, “mas eu sinto que o inesperado abriu a cabeça para a criatividade, para poder brincar e trazer a equipe para dentro do programa”.

Segundo ele, um diferencial do programa é o elenco diverso, que além de vir de várias partes do Brasil, também trabalha com diferentes formas de comédia, não apenas o stand-up. “Acho importante ter uma bagagem, para saber fazer comédia”, completa.

Quanto à apresentação, Lamoglia diz que tentou fazer aos seus próprios moldes, sem buscar inspiração em outros profissionais. Ele comenta que, apesar de sempre ter tido vontade de apresentar, foi algo que aprendeu fazendo, e que quis “fazer um apresentador que não se leva a sério e está ali pelo bem do projeto e do humor”.

O ator disse estar ansioso para ver o resultado final. “Gosto de ver o projeto pronto e ver onde cada área brilhou”, comenta. Ele diz que já chegou a fazer faculdade de cinema para entender melhor os processos que envolvem sua profissão. “Tenho um lance de ser hiper ficcionado em alguma coisa.”

Lamoglia afirma que durante a pandemia descobriu vários hobbies. Aprendeu impressão 3D, especializou-se na arte de fazer café e dedicou-se a andar de bicicleta e de skate. “Mil e uma coisas que a pandemia me obrigou a fazer”, diz. O ator e apresentador afirma que também conseguiu trabalhar bastante e ajudar sua esposa, Thati Lopes, do Porta dos Fundos, a fazer gravações de vídeos e produções.

“Eu não consigo ficar parado”, explica ele. O artista também faz diversas publicações em suas redes sociais e em seu canal no YouTube, onde mostra seus projetos artísticos, onde mostra seus trabalhos manuais. “Vejo nas redes uma maneira de jogar meu estilo de humor para as pessoas”, completa.

Para o futuro, Lamoglia diz que foca em produções pessoais. “De um tempo para cá venho estando focado em escrever e criar meus roteiros e projetos, e isso está andando”, conta. Ele diz que em breve seus fãs poderão ver cenas de sua própria autoria.

Conheça abaixo os 16 participantes da primeira temporada do game show M.E.M.E da Comédia.

Alessandra Araújo, 28 anos — Aparecida do Rio Negro (TO)
Dona das redes sociais com o maior número de seguidores no Tocantins, Alessandra Araujo se tornou conhecida pelos conteúdos com humor e leveza sobre seu dia a dia no interior do estado. Atualmente, conta com 1,1 milhão de seguidores no Instagram, 920 mil seguidores no TikTok e 720 mil em seu canal no YouTube.

Babu Carreira, 32 anos — Rio de Janeiro (RJ)
Formado em design, Babu Carreira entrou no mundo do entretenimento em 2014 e resolveu investir na comédia depois de ser demitida de diversos empregos. Faz parte da bancada de apresentadores dos podcasts Biscoito e Eu Vi Num Filme. Hoje é integrante do grupo Não Sou Obrigadx, composto exclusivamente por humoristas da comunidade LGBTQIA+.

Bruna Braga, 27 anos — São Paulo (SP)
Paulistana criada em Osasco, Bruna Braga entra na disputa trazendo experiência e muita animação. Ela fez parte do "Coisa de Preto", primeiro grupo de stand-up comedy black do país. Esteve em alguns dos mais importantes clubes de comédia de São Paulo como Comedians, Clube do Minhoca, Beverlly Hills e Hillarius, além de ter se apresentado nas principais noites de humor em bares e teatros.

Cintia Rosini, 37 anos — Ourinhos (SP)
Nascida em Ourinhos, no interior de São Paulo, Cintia Rosini é formada pela universidade Anhembi Morumbi e locutora pelo Senac Lapa Scipião. Além disso, tem especialização em mímica pelo Studio Magenia, em Paris. Cintia trabalhou em diversas companhias de teatro em São Paulo e foi palhaça no circo Il Florilegio, fazendo turnê por alguns países da África.

Felipe Kot, 28 anos — Taboão da Serra (SP)
Vindo de Taboão da Serra, região metropolitana de São Paulo, Felipe Kot subiu aos palcos em 2017 nas noites de Open-Mic do Season One. Considerado uma revelação do stand-up comedy com seu estilo único de contar histórias e prender a atenção da plateia, sempre prepara um final surpreendente.

Giovana Fagundes, 26 anos — Florianópolis (SC)
Aos 26 anos, a atriz, roteirista e comediante Giovana Fagundes é referência feminina na comédia brasileira. Nascida em Florianópolis, aos 12 anos de idade começou no teatro e, desde então, fez inúmeros trabalhos audiovisuais. O sucesso do show chamou a atenção de produtores e, no ano seguinte, foi convidada para participar do programa "Tá Pago", apresentado por Leandro Hassum, também na TNT.

João ‘Bubiz’ Gabriel, 27 anos — Capela (SE)
João ‘Bubiz’ Gabriel é sergipano e desde 2011 viaja o Brasil com shows de stand-up comedy. Além de humorista, é ator e roteirista, e já trabalhou com Whindersson Nunes. Participou de programas de TV, como Eliana, Ronnie Von, Pânico e o The Noite com Danilo Gentilli. Mas é com stand-up comedy que ele se destaca.

Lucas Batt, 23 anos — Goiânia (GO)
Natural de Goiânia, Lucas começou a carreira humorística em 2016. É no seu Instagram que ele posta conteúdos diários de comédia e compartilha, de forma carismática, seu dia a dia com mais de 219 mil seguidores. Além do conteúdo digital, Lucas faz stand-up comedy em diversas casas de humor goianas.

Lucas Cunha, 22 anos — Joinville (SC)
Nascido em Joinville (SC), mas morador de São Paulo desde 2017, Lucas Cunha trabalha com comédia desde os 13 anos, é ator e improvisador. Faz parte do elenco do espetáculo "Noite de Improviso", do Comedians Club e já criou seu show solo de comédia.

Lucas Moll, 36 anos — Brasília (DF)
Lucas Moll nasceu e foi criado em Brasília e trabalhava com cenário e figurino quando, durante um ensaio, um ator faltou e ele acabou substituindo. Isso foi em 2002 e ele não parou de atuar desde então. Em 2005 criou o grupo de comédia Cia. de Comédia Setebelos, com o qual dirigiu e atuou em 12 espetáculos, rodou 11 estados em turnês, especializou-se na técnica de teatro esporte (técnica inglesa de improviso) e stand-up comedy.

Luciano Guima, 39 anos — São Gotardo (MG)
Luciano Guima nasceu em São Gotardo, mas foi para Uberaba com apenas três meses de idade. Tem sete anos de experiência em apresentações nos principais palcos da comédia nacional. Ele já passou pelo Beverly Hills Comedy Club, Comedians Club, Comédia Ao Vivo, Clube do Minhoca e fez participações nos eventos mais requisitados da atualidade, como o show "4 Amigos".

Niny Magalhães, 36 anos — Brasília (DF)
Nascida em Ceilândia (DF), Niny Magalhães começou a carreira no universo do stand-up com pequenos shows em bares na capital federal. Logo foi convidada para uma participação na TV, o que ajudou a popularizar seus shows Brasil afora. Com três anos de carreira, hoje faz grande sucesso no Instagram, TikTok e Youtube.

Priscila Muniz, 29 anos — São Paulo (SP)
Formada em desenho industrial pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo, Priscila Muniz já participou de grupos de teatro como Carpe Diem, A Musa Heróica e Uéris. Estudou improvisação teatral por quatro anos na Casa de Humor e já atuou em curta metragens, web séries e peças de teatro.

Santiago Mello, 29 anos — Valparaíso (GO)
Nascido no Distrito Federal e criado em Goiás, Santiago Mello começou a fazer stand up-comedy em 2011. Depois de se mudar para São Paulo, passou a fazer show nas principais noites de humor, abordando as peculiaridades da sua vida, desde brincadeiras da infância até momentos mais delicados.

Victor Ahmar, 24 anos — Uberaba (MG)
O mineiro Victor Ahmar começou na comédia com apenas 14 anos e, desde então, vem desenvolvendo seu repertório. Já participou de programas de TV e faz vídeos para seu canal no YouTube, que tem mais de 250 mil inscritos. O humorista gravou e lançou seu primeiro especial de comédia, "Saco de Pancadas" entre 2018 e 2019.

Yas Fiorelo, 27 anos — Rio de Janeiro (RJ)
A carioca Yas Fiorelo compartilha esquetes e vídeos de stand-up comedy em suas redes sociais. Além disso, faz parte do elenco do grupo Coisa de Preto, que reúne comediantes negros do Brasil inteiro. Yas participou também de duas edições do festival Mamacitas, focado em comediantes mulheres, e dos canais Parafernalha e Castros Brothers.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem