Celebridades

Cininha de Paula e Hélio de La Peña são vacinados contra Covid no Rio

Eles compartilharam o momento de imunização nas redes sociais

Cininha de Paula toma vacina de Covid - Alexsandro Mendonça/AgNews
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A atriz e diretora de Cininha de Paula e o humorista Hélio de La Peña, ambos com 61 anos, foram vacinados contra Covid, nesta terça (20), no Planetário da Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. Eles compartilharam o momento da imunização nas redes sociais e defenderam a vacina.

Cininha, que estava acompanhada da filha, a atriz Maria Maya, tomou a segunda dose da vacina. Após ser imunizada, ela posou para fotos com a filha segurando a carteirinha e o vidro do imunizante.

“Viva o SUS [Sistema Único de Saúde]. Viva a ciência. Segunda dose [da vacina] ok”, publicou Cininha ao lado de duas fotos no stories do Instagram.

O humorista Hélio de La Peña compartilhou no Instagram desde a chegada ao posto de vacinação até o recebimento da primeira dose. “Vou tomar a minha primeira dose [da vacina] e começar a ficar livre desse inferno. O Planetário parece que está vazio, vamos lá”, disse enquanto entrava no posto.

Peña foi abordado por um agente de saúde que brincou com ele perguntando se tinha certeza que hoje era o dia certo de ser vacinado. O humorista respondeu: “Tenho certeza, 59 não é não?". O segurança disse que ele parecia ter menos idade.

“Inclusive é um ano muito interessante para hoje. Cinquenta e nove é o quê? Jacaré, é comigo mesmo”, disse rindo. Em seguida, ele falou para uma das atendentes que era um momento histórico e perguntou se todos estavam chegando animados. Ela respondeu que sim. “Está vazio né? Velho gosta de acordar cedo”, disse o humorista fazendo gargalharem.

Após ser vacinado, Peña posou para fotos segurando a carteira de vacinação. Do lado de fora do posto, ele mostrou a carteira novamente e falou que já tem a data marcada para receber a segunda dose do imunizante. “É muito importante tomar as duas doses, uma dose só não resolve. Saúde, vacina”, enfatizou.

No dia 16 de abril, o cantor Zeca Pagodinho, 62, recebeu a a primeira dose da vacina contra Covid cantarolando: “Vai vacinar, vai vacinar e não esquece a segunda dose”, uma versão da sua música "Vai Vadiar". Ele foi imunizado dentro do carro no posto de vacinação do sistema drive thru, no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro.

Antes de ser vacinado, o cantor, que usava uma máscara da Portela no rosto, brincou com a enfermeira: "Tenho pavor de injeção, se eu chorar não liga não, tá?", disse. Os vídeos foram compartilhados nos stories e feed do Instagram do cantor, que agradeceu ao SUS (Sistema Único de Saúde). "E agora é hora de agradecer! Viva o SUS!! Viva a vacina!", publicou o cantor.

O ator e dramaturgo Miguel Falabella, 64, também foi vacinado contra Covid, no Rio, e compartilhou o momento da imunização nas redes sociais.Falabella comemorou o recebimento da primeira dose da vacina e posou para foto com uma das enfermeiras. “Muito emocionado! Primeira dose! Parabéns SUS! Viva a ciência! Viva a civilização! Vacina para todos!", escreveu.

No dia 12 de abril, as atrizes Maitê Proença e Cissa Guimarães, ambas com 63 anos, tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19, no Planetário, no Rio Janeiro. As duas ficaram emocionadas após serem imunizadas e compartilharam o momento nas redes sociais.

Maitê publicou um vídeo no Instagram desde o momento em que entrou no local até a vacinação. “Estou emocionada”, disse ela antes de tomar a vacina. A atriz, após ser imunizada, agradeceu aos profissionais de saúde e tirou selfie com uma enfermeira.

No Instagram , ela escreveu que ficou muito emocionada. “As lágrimas escorriam por baixo da máscara. Aqueles profissionais todos tão eficientes se arriscando para salvar vidas. Estou chorando até agora. Obrigada Margarete, a querida que me vacinou, carinhosa e delicadamente”.

A atriz falou que pensava estar firme e forte, mas desabou emocionada com o cuidado dos profissionais de saúde. “A gente acha que está firme e forte e desaba num momento desses, vendo a dedicação, o cuidado, a eficiência das profissionais da saúde pública. Estou muito agradecida (e mexida), orgulhosa de todos vocês", escreveu a artista”, escreveu.

Muito emocionada, Cissa Guimarães chegou ao posto de vacinação usando uma camiseta com o rosto do filho Rafael Mascarenhas, que morreu em julho de 2010, vítima de um atropelamento. A atriz sentou na cadeira e não conteve as lágrimas de felicidade ao tomar a primeira dose da vacina. Ela falou “que delícia”, perguntou o nome da enfermeira, curiosamente a mesma que vacinou Maitê, e agradeceu.

“Salve, salve o SUS. Muito obrigada, meu amor [para a enfermeira], muito obrigada ao Fiocruz, ao Butantan. Muito obrigada, gratidão imensa e que essa vacina chegue a todos o mais rápido possível”, disse a atriz. Em seguida, Cissa gritou feliz :”eu estou vacinada”.

O cantor Fábio Jr., 67, compartilhou no dia 12 de abril nas redes sociais uma foto segurando uma carteirinha de vacinaçao dentro de um carro, em um posto de vacinação do sistema drive thru, em Santana do Parnaíba, na Grande São Paulo.

"Hoje o dia foi de muita gratidão. Agradecer aos profissionais da saúde, ao SUS, à ciência, à vida. Que Deus e toda a 'moçada da luz' nos abençoe e nos proteja. Esperança que todos possam ser vacinados o quanto antes. 'Brigadú' sempre. Continuem se cuidando", escreveu o cantor. A enfermeira que o vacinou ficou feliz. "Princeso", brincou ela.

MAIS FAMOSOS

No dia 1° de abril, Susana Vieira, 78, recebeu a segunda dose nesta quinta-feira (1°), no Rio de Janeiro, e comemorou a imunização. "Quem nega a vacina não merece viver. As pessoas estão morrendo porque ainda não conseguiram tomar a vacina, a verdade é essa. Então você tem que agradecer se conseguiu tomar a vacina", afirmou a atriz em entrevista à GloboNews.

"Sou muito grata aos cientistas, sei que eles foram incansáveis nessa missão. Esse dia ficará para sempre registrado no meu coração. Tem sido um tempo difícil para a humanidade, mas há esperança! Seguiremos firmes e de máscara! Viva a vida!", completou Susana.

Paulinho da Viola, 78, foi outro que recebeu a segunda dose. "Graças aos profissionais comprometidos em salvar nossas vidas, ela chegou a tempo para mim", agradeceu. "Infelizmente, não chegou a tempo para muitos outros."

"Peço que façam o melhor possível para proteger uns aos outros: usar máscara, evitar aglomerações, lavar as mãos e seguir as recomendações das autoridades sanitárias", aconselhou. "Lembrando que não há tratamento precoce reconhecido para essa doença, só temos as vacinas e os cuidados."

Também nesta quinta, o cantor Ritchie, 69, recebeu a primeira dose do imunizante e comemorou nas redes sociais. Dono do sucesso "Menina Veneno" (1983), o artista fez uma brincadeira com o hit: "Covid veneno, o mundo é pequeno demais pra nós dois. Viva o SUS".

"Estou aqui comemorando minha primeira dose da vacina porque quero que vocês saibam que eu também pensei que esse dia jamais chegasse, e chegou. E vai chegar para você também se você continuar se cuidando e cuidando dos seus", escreveu o cantor, em seu Twitter.

Evandro Mesquita, 69, também recebeu a primeira dose da vacina, nesta quarta-feira (31). Em seu Instagram, o humorista escreveu: "Viva o SUS, viva a ciência, a Fiocruz e o Instituto Butantã! Viva a Aline, que me vacinou e a todos os profissionais de saúde que estão no pescoço dessa crise monstra há bastante tempo".

Zilu Godoi, 62, ex-mulher de Zezé Di Camargo, 58, recebeu a segunda dose da vacina. Atualmente, ela mora nos Estados Unidos e contraiu o vírus da Covid-19 em 17 de março. Dia 28 de março, ela compartilhou em suas redes sociais o resultado negativo de um exame do coronavírus.

"Eu venci a Covid! Quero aqui, compartilhar com vocês o resultado do exame que fiz ontem", escreveu na publicação. "Obrigada por tanto carinho e amor, e pela força que recebi de vocês no decorrer desses dias! Gratidão, gratidão e gratidão!."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem