Celebridades

Chuck Norris diz não ter invadido Capitólio dos EUA: 'Descobri um sósia'

'Não estava lá', diz o ator após imagem viralizar nas redes sociais

O ator Chuck Norris
O ator Chuck Norris - Instagram/chucknorris
São Paulo

Chuck Norris, 80, usou as redes sociais para esclarecer que não participou da invasão do Congresso americano, na semana passada, em Washington, nos Estados Unidos, no qual um grupo de apoiadores do presidente Donald Trump entrou em confronto com as forças de segurança que protegem o Capitólio.

"Descobri que havia um sósia de Chuck Norris nos distúrbios do Capitólio de [Washington] D.C. Não fui eu, e eu não estava lá. Não há espaço para violência de qualquer tipo em nossa sociedade. Eu sou e sempre serei pela Lei e Ordem", escreveu o ator em seu Twitter.

A declaração foi dada após imagens, de uma pessoa muito parecida com ele, circularem na internet indicando que o ator estaria presente no momento da invasão. O agente do ator, Erik Kritzer, explicou à agência Associated Press que o artista permaneceu em seu rancho no Texas (EUA), onde estava com sua família.

Quanto às fotos, Kritzer chega a brincar sobre a aparência da pessoa parecida com o ator: "Este não é Chuck Norris e é um aspirante a sósia, embora Chuck seja muito mais bonito". Durante a pandemia da Covid-19, o artista praticante de artes marciais foi alvo de notícias falsas, como o anúncio de sua morte em decorrência do coronavírus.

No Twitter, internautas fizeram memes com a situação, relembrando um fórum de piadas em homenagem ao ator, intitulado Chuck Norris Facts, que o tem como imortal. Norris participou de várias produções, a mais recente sendo a série "Walker, Texas Ranger" (CBS), que foi exibida entre os anos de 1993 e 2001, responsável por grande parte da reputação de imbatível que o ator possui.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem