Celebridades

Vavá, do Karametade, fala sobre depressão e luta contra o álcool durante a pandemia

Músico tinha planos de retomar o grupo sucesso dos anos 1990

Vavá e o irmão Marcio, do Karametade - Divulgação
São Paulo

O cantor Vavá, 46, sucesso nos anos 1990 com o grupo Karametade, afirmou que está enfrentando uma batalha contra o álcool durante o pandemia do novo coronavírus. A revelação foi feita durante entrevista ao programa Domingo Espetacular (Record), que vai ao ar neste domingo (11).

“Passei por um psiquiatra, não era nem psicólogo, psiquiatra. Conversei muito com ele. Chegou um momento de até me entregar ao álcool assim, sem parar, não tinha vontade de comer, mas tinha vontade de beber”, conta ele, que participará do quadro “Por Onde Anda?” do programa.

Segundo o músico, o período de pandemia não tem sido fácil. Além do alcoolismo, ele também tem enfrentado uma depressão: “Eu emagreci, entrei numa depressão muito grande, de ligar pra minha esposa e falar: ‘Não estou legal, o que eu faço, não estou legal’, diz o cantor.

A pandemia foi mesmo um baque nos planos do músico. No ano passado, ele havia contaso ao F5 seus planos de retomar o Karametade neste ano, como parte das comemorações pelos 20 anos do grupo. A ideia dele incluía shows pelo país e até a gravação de um DVD.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem