Celebridades

Kanye West volta atrás e apaga postagens sobre Kim Kardashian querer interná-lo a força

Rapper também anunciou que irá lançar um novo álbum nesta sexta (24)

Kim Kardashian e Kanye West no Vanity Fair Oscar 2020
Kim Kardashian e Kanye West no Vanity Fair Oscar 2020 - REUTERS
São Paulo

Na madrugada desta terça-feira (21) o nome do rapper Kanye West, 43, ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter e preocupou fãs e seguidores. O cantor usou sua conta na rede social para pedir ajudar dizendo que a esposa, Kim Kardashian, 39, e a sogra, Kris Jenner, 64, queriam interná-lo contra sua vontade.

"Kim estava tentando viajar para Wyoming com um médico para me internar como no filme 'Corra!', só porque eu chorei para salvar a vida as minhas filhas ontem", escreveu West. A atitude da socialite teria sido motivada após o cantor, que lançou sua pré-candidatura à presidência dos Estados Unidos, revelar que pensou em abortar a primeira filha North West, 7. No discurso, feito neste domingo (19), West caiu em prantos e mostrou que não estava bem.

"Todo mundo sabe que 'Corra!' é sobre mim. Se eu ficar preso que nem Mandela [o ex-presidente afriano Nelson Mandela], vocês todos vão entender o porquê", continuou Kanye West, que logo depois também mencionou a sogra Kris Jenner dizendo que ela não atendia suas ligações.

West também fez um tuíte dizendo que suas filhas nunca estampariam uma capa da Playboy. Ele e Kim Kardashian são pais de quatro crianças: North, 7, Saint, 4, Chicago, 2, Psalm, 1. O filme "Corra!" citado pelo rapper conta a história de um jovem negro que é raptado pela família da namorada branca em troca de uma lavagem cerebral.

Após algumas horas, Kanye West apagou os tuítes e anunciou que irá lançar um novo álbum nesta sexta-feira (24). "Vamos focar em música agora. DONDA [título] será lançado nesta sexta", escreveu o artista. A atitude, que logo foi chamada pelos internautas de "surto", repercurtiu na web e dividiu opiniões.

Isso porque recentemente o site norte-americano TMZ, afirmou que a família do rapper estava muito preocupada já que ele tem ao menos uma crise de transtorno bipolar por ano. Em 2018, o músico já havia falado que parou de tomar seus remédios para controlar o problema, pois isso reteria sua criatividade.

"Sério gente, não façam piadas com o surto do Kanye West, ele precisa de tratamento e é triste que as pessoas que estão em volta dele não deram isso à ele durante todo esse tempo", escreveu um internauta que criticou os julgamentos contra o músico.

"Kanye West não está bem psicologicamente, breve ele terá um surto psicótico por conta da bipolaridade, Vejamos os próximos capítulos", sugeriu outro usuário do Twitter. "Eu não concordo com muitas atitudes do Kanye e da família Kardashian, mas transformar a saúde mental de um homem negro em piada e escândalo de famosos, é desprezível. O negócio é sério", tuítou outra.

Até o momento Kim Kardashian e Kris Jenner não vieram a público comentar sobre o ocorrido.

Confira repercussão:

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem