Celebridades

César Menotti e Dado Dolabella brigam após piada de bacon; cantor lembra agressão

Ator é vegano e não gostou de comentário feito no Twitter

Dado Dolabella no camarote Vivant na Sapucaí - AgNews
São Paulo

O cantor César Menotti e o ator Dado Dolabella trocaram farpas pelas redes sociais depois de Menotti fazer uma piada sobre comer bacon. Dado não gostou, pois é vegano, e o cantor respondeu de forma irônica: “Feliz por saber que ainda está vivo”.

Tudo começou depois de Menotti brincar com seguidores sobre o alimento. Na postagem, o músico sugeriu que uma moça mudasse seus hábitos alimentares para comer carne de porco.

“A menina postando receita de suco detox para começar bem o dia. Filha, o mundo está acabando, vai fritar um bacon”, escreveu.

Dado Dolabella abriu uma postagem no Instagram, colocou a imagem de Menotti e de um bacon e deu nele um puxão de orelha. “Não é possível, César Menotti. Na era da comunicação, ninguém te avisou que o mundo está sendo destruído por causa da criação de animais. O mesmo sujeito que outro dia estava rifando um pônei online para promover sua live”, atacou.

Em outro momento da postagem, Dado disse que o músico age com prepotência. “Amigão, o mundo na verdade não está acabando. É muita prepotência achar isso. A Terra que rapidinho vai eliminar a bactéria chamada humanoid-20 caso persista no caminho errado.”

Irritado com a repercussão, Menotti voltou ao Twitter para comentar o ataque de Dolabella. E ele usou o caso de agressão contra Dado, em 2008. “O doidinho me repudia no Insta porque postei a piada com bacon. Mas fiquei feliz por saber que ele está vivo, as últimas notícias que tive dele foi quando ele agrediu a esposa e a senhora que trabalha com ela”, disparou Menotti.

A senhora a que ele se refere é a camareira Esmeralda de Souza Honório, que foi agredida por ele em uma casa noturna em 2008. Em outubro de 2018, a Justiça do Rio determinou a penhora de bens do ator para tentar garantir o pagamento de uma indenização à camareira.

A agressão contra Honório ocorreu em outubro daquele ano durante uma briga de Dolabella com sua então namorada, a atriz Luana Piovani. Eles estavam na boate 00, na Gávea (zona sul do Rio de Janeiro), e Piovani comemorava a estreia de sua peça, “Pássaros da Noite”.

Durante a discussão, Piovani caiu no chão. Quando sua camareira, Honório, tentou apartar a briga, ela foi empurrada e também caiu. Na queda, machucou os punhos e precisou imobilizar os dois braços. Câmeras de segurança da boate registraram tudo. O corpo de delito feito na atriz confirmou também que ela levou um tapa.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem