Celebridades

Elizabeth 2ª diz que Príncipe Harry sempre será bem-vindo na família real

Duque de Sussex deixará de ser membros da realeza no final do mês

A rainha Elizabeth 2ª  durante evento no Palácio de Buckingham, em Londres (Inglaterra)
A rainha Elizabeth 2ª durante evento no Palácio de Buckingham, em Londres (Inglaterra) - France Presse- AFP
São Paulo

A rainha Elizabeth 2ª teve um encontro de quatro horas com o neto Príncipe Harry para dizer que ele "sempre será bem-vindo de volta" à família real.

Segundo o jornal The Sun, os dois se encontraram no castelo de Windsor no domingo (1) para um almoço. O duque de Sussex não estava acompanhado da esposa Meghan Markle e do filho Archie. "Foi a primeira vez que a rainha teve a chance de conversar com Harry por conta própria e realmente descobrir quais são seus planos", disse uma fonte real ao jornal.

O Palácio de Buckingham informou no dia 18 de janeiro que Harry e sua esposa, Meghan Markle, deixariam de representar oficialmente a rainha Elizabeth 2ª e de receber dinheiro público para cumprir deveres reais. A mudança acontecerá oficialmente a partir do dia 31 deste mês.

"Ela deixou bem claro para ele que ele e Meghan poderão voltar se mudarem de ideia, e ela os receberá de braços abertos", disse a fonte ao jornal sobre a conversa da rainha com o neto. A fonte também enfatizou que a realeza está "muito chateada" com a saída dos Duques de Sussex.

Em recente evento realizado na Escócia, Príncipe Harry deixou claro durante seu discurso que agora deseja ser chamado apenas por Harry

No momento, Harry e Meghan Markle trabalham para uma fundação sem fins lucrativos. Eles pretendem desenvolver uma nova maneira de efetuar mudanças e complementar os esforços feitos por tantas excelentes fundações em todo o mundo.

Apesar de ainda não ter sido confirmado, especulações de que os dois viverão nos Estados Unidos ganham cada vez mais repercussão na mídia. Atualmente instalados em uma mansão em Vancouver, no Canadá, príncipe Harry e Meghan Markle podem se mudar para Malibu, na região de Los Angeles.

A escolha pelo lugar seria para o casal ficar mais próximo da mãe de Meghan, Doria Ragland, que mora em Los Angeles, segundo o Daily Mail, e eles até já teriam um imóvel específico em mente. Seria uma mansão de US$ 7 milhões (cerca de R$ 31 mi), pertencente ao astro de Baywatch, David Charvet. 

Livre das amarradas da realeza britânica, Markle pretende retomar a carreira de atriz. Em janeiro deste ano a esposa de Harry assinou um contrato de dublagem para uma nova animação da Disney —cujo cachê será doado —quer atuar em um filme de super-herói. 

De acordo com o Daily Mail, o agente de Meghan, Nick Collins, está ocupado procurando longas que se encaixem no perfil procurado por sua cliente.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem