Celebridades

Tony Ramos tem gastroenterite e passa noite em hospital de Búzios, no Rio

Ator saiu de cadeira de rodas e acompanhado da esposa

Tony Ramos na estreia do espetáculo "Eu De Você", no Teatro Vivo
Tony Ramos na estreia do espetáculo "Eu De Você", no Teatro Vivo - Mathilde Missioneiro/Folhapress
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O ator Tony Ramos, 71, se sentiu mal na noite desta segunda-feira (6) e deu entrada no Hospital Municipal Dr. Rodolpho Perisse, em Armação dos Búzios (Rio de Janeiro), em decorrência de uma gastroenterite.

Procurada, a assessoria do hospital afirmou que não dará detalhes sobre o paciente, mas que Ramos já foi tratado e deixou o local antes do amanhecer desta terça (7).

Fotos do momento da saída mostram que o ator estava acompanhado da esposa, Lidiane Barbosa, e em uma cadeira de rodas. Os dois são casados desde 1969 e passaram o Réveillon na região.

A gastroenterite é uma infecção intestinal que costuma ser frequente no verão. O problema tem sintomas como cólicas, náuseas, vômitos e febre, e pode ser transmitido por contato com uma pessoa infectada ou por alimentos contaminados.

Tony Ramos é um dos nomes cotados para o elenco de “Em Seu Lugar”, nova novela de Lícia Manzo, com direção artística de Maurício Farias, que sucederá “Amor de Mãe” na Globo.

Seu último trabalho na emissora foi em 2018, quando ele esteve na novela das 21h, "O Sétimos Guardião". Quando alguém sugere que as novelas possam estar com os dias contados, ele é categórico: "Nem a pau". Com 55 anos de televisão e mais de 50 novelas no currículo, o ator afirma que escuta sobre uma possível crise da teledramaturgia brasileira desde os anos 1960, quando começou a sua carreira na extinta TV Tupi. 

"Apesar de tudo isso, do avanço da tecnologia, o que manda é uma boa história. Não tem saída. Sem uma boa história, não tem nada", afirma Ramos, em entrevista ao F5

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem