Celebridades

Lívia Andrade diz que trabalhar com fofoca é 'sinistro' e dispara: 'Se quer privacidade, pague'

Apresentadora afirmou que o 'Fofocalizando' a fez evoluir como pessoa

Lívia Andrade com o boneco Chucky nos bastidores do SBT
Lívia Andrade com o boneco Chucky nos bastidores do SBT - Divulgação/SBT
Cris Veronez
Rio de Janeiro

Lívia Andrade, 36, diz que é uma pessoa reservada e que nunca pensou em trabalhar com fofocas. No entanto, resolveu agarrar a oportunidade de virar apresentadora do "Focalizando", do SBT, sem pensar duas vezes, já que o cachê oferecido pela emissora de Silvio Santos é bem atrativo.

"Nunca tive pretensão de nada na minha vida. Nunca quis ser artista, aconteceu. O que achei legal de ser artista, não que seja fácil, é que ganhava em um dia o que amigos ganhavam em um mês. Foi isso que me atraiu. A única coisa que fiz foi me preparar para um dia em que a oportunidade viesse. Veio, mas foram anos de batalha."

Sincerona, ela diz que o filão com o qual trabalha pode ser "sinistro". "É uma energia muito pesada", afirma.

A apresentadora, no entanto, faz uma ponderação. Diz que os famosos precisam arcar com as consequências de suas escolhas —o que, na opinião dela, nem sempre acontece.

"Se você é uma pessoa pública e vem para um evento desse, por exemplo, com todo mundo bebendo à vontade e solteiro, você vai se jogar mesmo? Depois não pode reclamar que amanhã está no 'Fofocalizando'... Se não quer que saia na imprensa, vá para o motel, fique na sua casa ou numa praia deserta. Quer privacidade, pague por isso", dispara.

Andrade afirma ainda que o programa de fofocas do SBT a fez evoluir bastante como pessoa.

"É uma lição de vida. Aprendi muita coisa. Eu sou maloqueira né. Por muito menos, há dez anos, eu já estaria presa", brincou a apresentadora, que recentemente se desentendeu com Leo Dias, seu companheiro de trabalho. A briga dos dois gerou polêmica, mas ela garante que já está tudo bem entre os dois.

Andrade diz que o sucesso não lhe sobe à cabeça e que tem noção de que ele pode não durar para sempre.

"A realidade de onde eu vim é difícil. Isso aqui é um sonho e estou preparada para acordar. Hoje estou aproveitando o momento de estar apresentadora."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem