Celebridades

Léo Santana diz que não fala com Lore Improta após término de namoro: 'Focados no trabalho'

Cantor, no entanto, não descarta volta com a ex no futuro

Léo Santana posa antes de se apresentar no Fortal
Léo Santana posa antes de se apresentar no Fortal - Alana Andrade - 27.jul.19/ Divulgação
Fernanda Pereira Neves
Fortaleza

Após uma série de idas e vindas, o casal Léo Santana, 31, e Lorena Improta, 25, parece estar longe de reatar o namoro depois do rompimento confirmado há dois meses. Segundo o cantor, os dois não têm mantido contato e estão mais focado em suas carreiras no momento. 

"Não estamos naquele pensamento de voltar não. A gente não tem mais contato, a gente não se fala. O contato é quando se vê por termos a mesma produtora, mas cada um na sua. O que for pra ser será", disse o músico no festival Fortal, que aconteceu em Fortaleza até este domingo (29). 

Mesmo distante da ex, Léo afirma que não descarta um retorno com a bailarina no futuro. " Ela foi minha primeira namorada, então fica aquele carinho, aquele respeito (...) Não vou dizer que nunca [reataremos], até porque é muito forte", disse ele ao comentar a torcida dos fãs. 

Um dia antes, também no Fortal, Lore também falou sobre o possível retorno. “O carinho e o respeito um pelo outro continuam totalmente. A gente vai errar, vai ganhar experiência e amadurecer. Isso é um ciclo, que acontece com todo mundo. Temos um carinho muito grande um pelo outro”, disse. 

O motivo da sepração do casal, no entanto, continua uma incógnita. O fato é que o casal já havia terminado e voltado por pelo menos outras duas vezes ao longo dos dois anos e meio em que se relacionaram. A última vez em que os dois romperam foi em julho do ano passado. 

No início do ano, os dois chegaram a falar em casamento, que deveria acontecer em 2020, e na possibilidade de terem filhos em breve. Léo chegou a dizer, em março, que tem vontade de ter um filho "o mais rápido possível".

A jornalista viajou a convite da organização do evento. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias