Celebridades

Luisa Sonza diz que percebeu depressão de Whindersson há um ano: 'Agora está melhor'

Cantora diz que chegou a sugerir terapia ao humorista na época

Luísa Sonza e Whindersson Nunes celebram 2019 na Tailândia
Luísa Sonza e Whindersson Nunes - Reprodução/Instagram/luisasonza
São Paulo

A cantora Luisa Sonza, 20, falou nesta quinta-feira (27) sobre a depressão do marido, o humorista Whindersson Nunes, 24, e disse que via sinais de que ele não estava bem há quase um ano. Ele, no entanto, teria percebido pouco antes de tornar seu problema público, em abril deste ano. 

“Eu falava: ‘Amor, vamos fazer terapia’. Mas ele parava, claramente um dos sintomas da depressão, que é aquela dificuldade de se ajudar, negar para você mesmo que está passando por isso. Então, quando ele viu como estava, no fundo, foi um alívio, porque eu vi que ele tinha visto o que estava acontecendo.”

A declaração da cantora foi feita durante sua participação no programa Encontro, onde ela confirmou que o humorista está bem melhor. “Quando é uma pessoa importante, você faz de tudo para ajudar. E não é um trabalho, uma dificuldade, uma responsabilidade. É o mínimo como ser humano, independe de ele ser o meu marido”, disse. 

Nunes falou pela primeira vez sobre a doença em abril, em um vídeo postado em suas redes sociais. “Eu sinto uma angústia todos os dias, todos os dias, algumas risadas, algumas brincadeiras e depois lá estou eu de novo com esse sentimento ruim”, afirmou ele, que disse se sentir triste e sem “tanta vontade de viver”. 

Para se tratar, Nunes fez uma pausa em sua carreira, assim como Sonza, que cancelou sua agenda por cerca de um mês. Ela, no entanto, já retomou os shows e lançou há duas semanas seu primeiro álbum, “Pandora”, e a primeira música de trabalho desse novo projeto, “Garupa”, gravada em parceria com Pabllo Vittar

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem