Música

Luísa Sonza lança 1º álbum de estúdio e diz que quer mostrar mais de seu lado feminista

Primeiro single desse novo trabalho terá parceria com Pabllo Vittar

Luísa Sonza no lançamento de seu primeiro álbum de estúdio, "Pandora"
Luísa Sonza no lançamento de seu primeiro álbum de estúdio, "Pandora" - João Victor Marques
São Paulo

​Luísa Sonza, 20, já tem uma lista de sucessos e um grupo fiel de fãs. Seu primeiro álbum de estúdio, no entanto, será lançado apenas nesta sexta-feira (14). Segundo a cantora, num momento em que ela já se encontrou musicalmente e que pretende mostrar seu lado mais feminista. 

“Foi a partir de ‘Boa Menina’ que eu comecei a me abrir. Produzindo meu primeiro álbum, me vi no meio de produtores que eu não conhecia, vulnerável e comecei a me entender como artista. Eu vi que precisava me abrir como pessoa, me abrir como artista, meus sentimentos, meus medos”, afirma. 

Intitulado “Pandora”, o novo trabalho terá parcerias de Sonza com Vitão, Gaab e Pabllo Vittar. Essa última foi descrita pela cantora gaúcha como uma inspiração. E será justamente a música “Garupa”, que as duas gravaram juntas, a primeira canção de trabalho do novo álbum. 

“É essencial ter a Pabllo comigo. Não poderia lançar a primeira música do álbum se não fosse com ela. Admiro muito ela como pessoa e como artista. Ela nunca teve medo de ser quem ela era e eu me inspirei nela pra sair da caixinha e ser quem eu sou”, afirmou Sonza nesta quinta. 

Para falar sobre os detalhes do novo trabalho, a cantora teve um encontro com a imprensa, onde seu marido, o humorista Whindersson Nunes, 24, era assunto proibido. “Hoje, Luísa falará somente sobre seu novo álbum e carreira”, afirmou sua assessoria.

Whindersson deu uma pausa em seus compromissos recentemente por conta de uma depressão e uma cirurgia de urgência, o que levou Sonza a também mudar um pouco sua agenda

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem