Celebridades

Ludmilla diz que ainda sente dores na coluna, mas está melhor após tratamento: 'Quase boa'

Cantora teve de cancelar shows para tratar duas hérnias de disco

Ludmilla
Ludmilla - Fábio Rocha/ TV Globo
João Victor Marques
São Paulo

Após ter de cancelar shows e participações em programas de TV para tratar duas hérnias de disco, a cantora Ludmilla, 24, tranquiliza os fãs e afirma que, apesar de ainda sentir algumas dores na coluna, já está no caminho para a recuperação completa. 

“Eu ainda sinto dores, principalmente para andar e fazer alguns movimentos, mas bem menos do que estava. Já estou quase boa”, contou na noite desta quarta-feira (29) à Folha, durante lançamento de seu DVD, “Hello Mundo”, em São Paulo.

Depois de duas semanas de tratamento intensivo, Ludmilla voltou a ensaiar e fazer shows no último final de semana. No domingo (26), ela também retomou ao quadro Show dos Famosos, do Domingão do Faustão. A cantora fez uma apresentação muito elogiada em homenagem à cantora Deise, do grupo Fat Family, que morreu em fevereiro deste ano.

Ludmilla confirmou que estará presente na apresentação do próximo domingo (2), mas fez suspense sobre qual será a música escolhida. “É segredo”.​

Apesar de voltar à ativa, ela afirma que segue algumas restrições médicas. “Ainda não posso fazer tudo que eu fazia, mas voltei a fazer show: sentada, mas tudo bem. Não posso ficar muito tempo em pé, nem muito tempo sentada. Estou cheia de regras , mas tudo vai melhorar (...) Tudo é bem devagar”, completou. 

A cantora falou que já tinha sentido dores na coluna, mas costumava tomar um remédio e seguia com os compromissos. No entanto, no último dia 11 de maio, quando se preparava para um show, a cantora contou que se sentiu mal durante um banho e, quando foi colocar uma meia de alta compreensão para melhorar as dores, sua coluna travou.

“Abaixei para colocar a meia e travou tudo, daí eu caí. Foi horrível, foi desesperador. Eu chorava mesmo sem querer, de tanta dor. Horrível. Ainda bem que eu estou melhorando”, completou. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias