Celebridades

Ator Johnny Depp tentou demitir a todo custo sua ex-mulher do papel em 'Aquaman', diz site

Para Hollywood Reporter, ator boicotou ex-esposa

Johnny Depp e sua ex-mulher Amber Heard - Suzanne Plunkett/Reuters
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O ator Johnny Depp, 55, teria tentado fazer com que os estúdios DC excluíssem sua ex-mulher, Amber Heard, 32, do papel de Mera, a rainha da nação submarina do longa “Aquaman”. As informações são do Hollywood Reporter. 

Segundo a publicação, o caso aconteceu em 2016, mas só veio a público agora. Depp junto com seu advogado teriam tentado convencer os diretores a tirarem o papel da atriz. O ex-diretor da franquia, Kevin Tsujihara, será intimado a testemunhar para deixar claro se ele esteve à frente desse plano de Depp.

A separação entre Johnny Depp e Amber Heard aconteceu em 2016, exatamente um mês depois do pedido de Depp a Tsujihara. Na ocasião, a separação deu muito o que falar, e Amber pediu à Justiça uma ordem de restrição contra o ex.

Recentemente, o ator entrou com uma ação contra Amber por difamação. Ele quer receber o equivalente a quase R$ 200 milhões. Ele alega que as acusações de abuso contra ele são falsas.

Para piorar a situação, Depp pode ser cortado do próximo filme da franquia “Animais Fantásticos”, segundo o Page Six. Fãs estariam pressionando a produção para que ele saia.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem