Celebridades

Monica Iozzi abandona Facebook e afirma que debate político em rede social não vale a pena

Após comunicado, atriz repercutiu prisão de Temer no seu Instagram

Monica Iozzi
Monica Iozzi - Mastrangelo Reino/Folhapress
São Paulo

A apresentadora e atriz Monica Iozzi, 31, publicou um texto em sua página do Facebook na madrugada desta quarta-feira (20) anunciando sua saída da rede social. Ativista e aberta a discussões políticas, Iozzi afirma que não vê mais sentido em usar esse canal para esse fim. 

"Tenho refletido bastante sobre a eficácia e o alcance das discussões sobre política aqui no Facebook. Textões, fake news, discursos de ódio, algoritmos, vazamento de dados, censura. Tudo demanda tanto da nossa energia, do nosso tempo... E pra que?", questionou.

Para Iozzi, tudo o que ela diz corre o risco de não virar diálogo e só mais uma pessoa falando para o mesmo grupo. "Estamos construindo algo bom com isso tudo? O diálogo está mesmo acontecendo ou estamos apenas falando mais do mesmo para a nossa bolha?", afirmou.

Com a decisão, a atriz diz que espera viver mais da vida real. "Quero interagir diretamente com as pessoas. Quero ler mais livros, mais jornais, ir mais ao teatro, curtir mais minhas cachorrinhas, estudar mais", escreveu Monica.  ​

Em outro texto, ela diz que já não usa mais o Twitter e vai se dedicar apenas ao Instagram. A atriz não perdeu a oportunidade de repercutir a prisão do ex-presidente Michel Temer lembrando o vampirão do desfile da Paraíso do Tuiuti no Carnaval de 2018. Na época, o personagem entrou no desfile com a faixa presidencial e saiu sem ela, dando a entender que a ideia havia sido censurada.

Outros artistas também repercutiram a prisão do ex-presidente com textos sérios e até com piadas sobre a situação. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias