Celebridades

Caetano Veloso elogia Ivete Sangalo: 'É grandiosa, diva, estrela e também foliã comum'

Músico diz ser louvável cantora 'evitar racionalizar opiniões'

Caetano Veloso e Ivete Sangalo em ensaio para especial da TV Globo, de 2011
Caetano Veloso e Ivete Sangalo em ensaio para especial da TV Globo, de 2011 - Alex Carvalho - 23.nov.2011/TV Globo
São Paulo

Caetano Veloso, 76, elogiou as performances de Ivete Sangalo, 46, no Carnaval deste ano. Em seu Instagram, o cantor e compositor escreveu: "Ivete é grandiosa, diva, estrela e também uma foliã comum o tempo todo. Isso arrebata." 

Em outro trecho, Caetano diz que ela é uma das maiores personalidades da cultura brasileira. "Ao vê-la na TV, de amarelo pinto ou de azul cobalto, a gente tem certeza de estar diante de uma das maiores personalidades da história da nossa cultura." No sábado (2), Ivete comandou o bloco Coruja com um vestido amarelo neon. Já no domingo, ela usou uma roupa toda azul de babados.

Acompanhado do texto, Caetano publicou vídeos da cantora se apresentando no domingo (3), no circuito Barra-Ondina. Em um deles, ela fala: "Eu tô de volta para o Carnaval, porra." Ivete ficou de fora da folia do ano passado por conta do nascimento de suas filhas gêmeas, Helena e Maria, 1.

Caetano começa o texto dizendo que não conseguiu assistir a performance da cantora na rua, mas viu pela TV. Ele destaca o domínio musical da artista e a forma verdadeira como ela se conecta com o público. "Sua presença sobre um trio em meio à multidão tem tudo o que pode haver de melhor em suas colegas. Em todos os colegas, de @bellmarques [Bell Marques] a @leosantana [Léo Santana]. O importante é o que ela tem além disso. Espontaneidade verdadeira, para lá do domínio musical (Ivete canta sentindo e entendendo os riffs, podendo estar tocando todas as tumbadoras da banda, reconstruindo, com a voz e o corpo, os arranjos junto aos músicos): ela vê cada pessoa real em que bate o olho, sua entrega é total."

O cantor também cita que Ivete sai todos os anos no chão, mascarada, para não ser reconhecida. Neste ano, ela e o marido, o nutricionista Daniel Cady, pularam na pipoca, no meio da multidão. "Dá para ver que é isso que segue com ela até o topo do caminhão do trio", afirmou o músico.

No fim, Caetano ainda escreveu: "Toda a economia que ela faz de suas energias, resguardando a privacidade ou evitando racionalizar opiniões é mais do que louvável: depende muito disso o luminoso resultado artístico e social de sua atividade pública."

Esse trecho final, no entanto, gerou polêmica. Alguns internautas acreditam que o cantor defendeu Ivete Sangalo por ela não se posicionar politicamente. "Eu pessoalmente nunca vou entender os 'isentões', os artistas que fazem arte apolítica e acrítica, sem aproveitar a contribuição que podem lançar para fazer as massas pensarem minimamente sobre nossa realidade...", escreveu um deles.

Também teve fã reclamando que o músico não fez um 'textão' sobre Daniela Mercury, 54. "E a Dani que dá a cara a tapa, que está nas trincheiras... Não ganha textão não?", questionou outro internauta.

Caetano e Daniela gravaram "Proibido o Carnaval", música que protesta contra a onda conservadora do país.  "A gente precisa muito de um Carnaval sem policiamento ideológico ou de comportamento. São tantas prisões em que tentam nos colocar na vida. Não há nada como a arte para tirar a importância das paredes. Quando chega o Carnaval, a música une as pessoas que pensavam estar separadas", disse Daniela em entrevista ao F5. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias