Celebridades

Após acusação de abuso, R. Kelly volta a ser preso por dívida de R$ 620 mil em pensão alimentícia

Cantor foi detido em Chicado, horas após negar acusações de estupro

Cantor R. Kelly
Cantor R. Kelly - Kamil Krzaczynski/ Reuter
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

O cantor de R&B R. Kelly foi preso nesta quarta-feira (6) por não pagar pensão alimentícia. A prisão aconteceu horas depois de ele se emocionar em uma entrevista à TV americana em que negou as acusações de que teria agredido sexualmente meninas adolescentes.

Kelly foi levado sob custódia em Chicago por dever mais de US$ 161 mil (quase R$ 620 mil) em pensão alimentícia para seus três filhos com a ex-mulher Andrea Kelly. O cantor precisa pagar o valor completo para deixar a prisão, disse o porta-voz do xerife do condado de Cook, Sam Randall.

O músico de 52 anos se declarou inocente em fevereiro de acusações de que teria agredido três adolescentes e uma quarta mulher. As acusações foram feitas depois que sete mulheres, incluindo sua ex-esposa, apareceram em um documentário do canal Lifetime o acusando de abuso sexual e emocional.

A prisão do cantor nesta quarta-feira (6) aconteceu horas depois que o canal CBS transmitiu partes de sua primeira entrevista desde que foi acusado, nas quais o cantor rejeitou fortemente e com lágrimas nos olhos as alegações de que teria tido relações sexuais com meninas menores de idade.

“Eu fui assassinado. Eu fui enterrado vivo”, acrescentou o cantor de “I Believe I Can Fly”.

Reuters
Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem