Celebridades

Término do casal Brumar e saia justa envolvendo Silvio Santos: Relembre 2018 no entretenimento

Casamento real e tretas baseadas em opinião política são destaques

Da esq. para dir., Lulu Santos, Anitta, Silvio Santos e Meghan Markle
Da esq. para dir., Lulu Santos, Anitta, Silvio Santos e Meghan Markle - Divulgação
São Paulo

Namoros, casamentos, rompimentos e muitos bafões. Esses são elementos sempre presentes no mundo das celebridades. O ano de 2018, no entanto, ganhou um tempero a mais, afinal, os ânimos ficaram exacerbados com as eleições, as paixões vieram à tona com a Copa e o conto de fada se realizou na família real britânica. 

No amor houve motivos para alegria e tristeza dos fãs. Do lado bom, estão casais queridos das telinhas que vingaram também na vida real, como Nicolas Prattes e Juliana Paiva, de “O Tempo Não Para” (Globo), além de algumas uniões inesperadas, mas que ganharam torcida, como Lulu Santos e o modelo Clebson Teixeira

Veja vídeo da retrospectiva gravado em 17 de dezembro:

O ponto algo no quesito romance, no entanto, ficou com o casamento do príncipe Harry com a, agora duquesa de Sussex, Meghan Markle. O sexto nome na sucessão da coroa britânica e a atriz da série “Suits” até já encomendaram o primeiro filho, esperado para o primeiro semestre de 2019. 

Já entre os lamentos dos fãs está o rompimento do casal Brumar, formado pela atriz Bruna Marquezine e Neymar —polêmico nesta Copa. O casal, com longo histórico de idas e vindas, não esboçou retorno desde o fim, em outubro. Também aproveitam a solteirice a cantora Anitta, o ex-nadador Xuxa e a ex-bailarina do Tcham Sheila Melo. 

Ainda na parte das decepções para os fãs estão as saias justas, que foram muitas em 2018. Sílvio Santos foi um dos destaques, levando o Prêmio F5 de protagonista do maior bafão, com base nos votos dos internautas, por dizer no palco do Teleton que a cantora Claudia Leitte o deixava excitado, deixando a cantora nitidamente constrangida. 

Outra treta que se destacou neste ano envolveu o cantor sertanejo Eduardo Costa, apoiador do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), que chamou a apresentadora Fernanda Lima de imbecil e criticou seu posicionamento político. Os xingamentos vieram após um vídeo que ela fez para o programa Amor e Sexo (Globo).

 
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias