Celebridades

Maisa Silva diz que jornalistas são oportunistas e que Raul Gil não a chamou de 'bostinha'

Segundo ela, as falas do colega de emissora foram 'distorcidas'

Ao vivo, durante o Teleton 2018, Raul Gil mandou recado para Bolsonaro e Maisa interrompeu
Ao vivo, durante o Teleton 2018, Raul Gil mandou recado para Bolsonaro e Maisa interrompeu - Reprodução SBT

São Paulo

Maisa Silva, 16, fez um vídeo comentando sobre uma suposta declaração de Raul Gil em que ele a chamava de "bostinha". Nesta quinta (22), alguns veículos noticiaram que o apresentador havia falado para um grupo de fãs, enquanto saía de uma churrascaria, sobre o mal-entendido entre ele e a jovem durante o Teleton. Na ocasião, enquanto Raul Gil falava sobre o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), Maisa precisou interrompê-lo, segundo ela, por ordens do diretor.

As reportagens recentes mencionavam áudios e vídeos gravados sem que o apresentador soubesse. "Ela entrou e a criançada não parava de falar ‘vovô Raul, vovô Raul'. Queriam que eu continuasse no palco. [...] Aquela bostinha, se não fosse por mim, não existia", teria dito o apresentador. 

No vídeo publicado por Maisa na noite desta quinta (22), ela afirma que a frase foi tirada do contexto original e que, na verdade, Raul Gil mencionava comentários que alguns de seus seguidores estavam fazendo sobre ela. A apresentadora teve acesso aos áudios mencionados pelas reportagens e os exibiu como prova.

"Ele só estava reproduzindo o que estavam falando de mim nas redes sociais dele. Ele estava contando para as pessoas os comentários que fizeram sobre mim e eles usaram isso", diz ela no vídeo.

Nas redes sociais, o filho de Raul Gil, Raul Gil Júnior, disse ter se sentido triste com a polêmica. "Engraçado que nada se fala a respeito desse mesmo homem que agora está sendo apedrejado e crucificado o quanto ele já ajudou e deu inúmeras oportunidades ao longo do seu trabalho, transformando famílias, como a da própria Maisa. Meu pai nunca diria algo que a desqualificasse."

A reportagem criticada pelo diretor de TV foi publicada no site Notícias da TV e excluída na manhã desta sexta-feira (23). "Gostaria de dizer para este jornalista que fique muito orgulhoso por seu trabalho e continue assim, que você terá um dia a felicidade de ganhar um 'Pulitzer [prêmio de jornalismo]'", ironizou Raul Gil Júnior.

Segundo a apresentadora, além de serem falsas, as matérias eram oportunistas por terem a intenção de ganhar cliques. "O Raul Gil me ligou, pediu desculpa. Olha só! Em que momento ele tinha que me pedir desculpas? Momento nenhum, e sim esses jornalistas oportunistas, que fizeram de má-fé [quem tinham que pedir desculpas]."

Maisa acrescentou que sua relação com Raul Gil é saudável e respeitosa e que os dois não haviam brigado ou discutido em momento algum.

"Eu comecei no programa dele quando tinha três anos de idade, na Record. [...] É um programa muito respeitado pelas famílias. Tem muita tradição. Agora, vocês acham mesmo que o Raul ia falar isso de mim? [...] Eu e o Raul Gil temos uma relação desde que eu era um pitoquinho (sic)."

A boa relação entre os colegas de emissora foi reforçada por Raul Gil Júnior. Segundo ele, o pai ama e se orgulha de Maisa, principalmente por tê-la visto crescer profissionalmente, tendo começado em seu programa. Sobre a polêmica do Teleton, Raul teria ficado espantado com os ataques à jovem. 

Procurado pela reportagem, Raul Gil não se manifestou até a publicação deste texto. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem