Celebridades

De amarelo e verde, Zeca Pagodinho passa em frente a casa de Jair Bolsonaro com neto

Músico não declarou publicamente o nome de seu candidato

Com o neto no colo, cantor Zeca Pagodinho passa em frente ao condomínio de Bolsonaro
Com o neto no colo, cantor Zeca Pagodinho passa em frente ao condomínio de Bolsonaro - Filipe Cordon/Folhapress
São Paulo

O sambista Zeca Pagodinho, 59, foi fotografado passando de carro na frente da casa do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) na tarde deste domingo (28). Vestido de amarelo e verde e com balões no carro, Zeca estava com o neto Noah, de quatro anos.

O músico, não se manifestou publicamente se apoiava algum presidenciável. Porém, o cantor estava com uma camiseta amarela e o neto, com uma verde, cores usadas pelos eleitores de Bolsonaro. 

O capitão reformado, que mantém vantagem de dez pontos percentuais sobre Fernando Haddad, obteve 55% das intenções de votos válidos, contra 45% do pestista, na pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (27). 

​Uma parte da classe artística se mobilizou e foi votar neste domingo com um livro nas mãos, como forma de protesto a Bolsonaro e em favor da democracia e dos direitos humanos. ​ Entre as obras escolhidas estão nomes como Machado de Assis, Conceição Evaristo e Renata Souza.

A atriz Letícia Colin, 28, que está na novela "Segundo Sol", levou o livro "Insubmissas Lágrimas de Mulheres", de Conceição Evaristo. Já seu marido, o também ator Michel Melamed, 42, optou pela obra "Memórias Póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis.

O ator Luis Lobianco, que também está na novela "Segundo Sol", seguiu o exemplo e votou com o livro "Devassos no Paraíso", de João Silverio Trevisan. Já o ator Enrique Díaz  estava com a obra da jornalista Reanta Souza, "Cria da favela". 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias