Celebridades

Demi Lovato deixa clínica de reabilitação para ver psiquiatra em Chicago

Como parte do tratamento, cantora verá um especialista após overdose

Cantora Demi Lovato
Cantora Demi Lovato - Charles Sykes/Invision/AP
São Paulo

Demi Lovato, 25, deixou nesta quinta-feira (9) a clínica de reabilitação em que estava e embarcou para Chicago. Segundo o site americano TMZ, a mudança foi recomendada pelos médicos da cantora, que deverá consultar um novo psiquiatra na cidade. 

A jovem sofreu uma overdose de heroína no mês passado e precisou ficar internada por mais de dez dias para recuperação até deixar o Hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles, no último sábado (4). Desde então, ela estava internada na clínica de reabilitação em que foi sugerida a viagem. 

Acompanhada da mãe, Demi chegou a Chicago às 2h desta sexta (horário local), em um jato particular e deverá ficar na cidade por vários dias para consultar o psiquiatra que seria especializado em saúde mental e sobriedade. Depois disso, ela deverá retornar para a reabilitação na Califórnia. 

No último dia 5, Demi postou uma mensagem aos fãs em que diz que continuará lutando. Na mensagem, ela diz: “Tenho sido transparente sobre meu vício durante toda a minha jornada. O que eu venho aprendendo é que isso não é uma simples doença que desaparece com o tempo. É algo que eu preciso superar e ainda não consegui”.​

A cantora, que já se tratava de distúrbios alimentares, bulimia, anorexia e automutilação, agradeceu à sua família e time de médicos que a atendeu no hospital. “Quero agradecer a Deus por me manter bem e sã e salva. Aos meus fãs, eu sou eternamente grata por todo o seu amor e apoio que eles têm dado ao longo de toda essa semana”, disse.

Demi teve problemas com o vício em álcool e drogas no começo de sua carreira e passou por internações para tratar transtornos alimentares e psicológicos em 2010. Em março deste ano ela chegou a comemorar seis anos de sobriedade. Em sua última música, ‘Sober’, lançada em junho, no entanto, ela se desculpava por não estar sóbria.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias