Celebridades

'Ela escolheu ser internada', diz amigo de Demi Lovato

Cantora teve alta e segue para reabilitação na Califórnia

Demi Lovato tem alta de hospital mas segue para reabilitação na Califórnia,
Demi Lovato tem alta de hospital mas segue para reabilitação na Califórnia, - Charles Sykes/Invision/AP
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Demi Lovato, 25, acabou de deixar o Hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles, e já deu entrada em uma clínica de reabilitação na Califórnia. A cantora já havia passado pela rehab aos 18 anos, em 2010. 

Segundo a revista norte-americana People, Demi deixou o hospital no último sábado (6), depois de uma suposta overdose de heroína. Na revista, uma fonte próxima afirma que “Demi está bem o suficiente para ter alta do hospital neste fim de semana. [...] Ela escolheu ser internada. Isso não é algo que pode ser forçado.” Outra fonte também afirmou: "Não vai ser fácil, mas Demi ter concordado é um grande passo em sua recuperação.”

​Demi Lovato foi encontrada desmaiada no dia 24 de julho, após uma suposta overdose de heroína em uma festa. Um de seus amigos também comentou sobre as amizades da cantora para a People: "As pessoas com quem ela tem andado ultimamente não são suas verdadeiras amigas. Elas não têm seus melhores interesses no coração. Ela (Demi) afastou seus amigos de verdade."

Ainda segundo o portal TMZ, a cantora seguiu para a Califórnia a fim de continuar o tratamento em um centro de reabilitação, cujo nome não foi divulgado. O site já havia informado na quinta-feira (2) que Demi estaria próxima de ter alta do hospital.

A mãe de Demi, Dianna Hart, também impôs regras para evitar uma nova recaída da filha: "Demi teve que entregar seu telefone para sua mãe antes de ir para a reabilitação e Dianna está passando por isso com um pente-fino para cortar todas as pessoas que são uma má influência em sua filha. Dianna está decidindo quem pode e não pode mais estar na vida de Demi. É para o bem dela ”, disse uma fonte para o site Radar Online. O site ainda afirmou que Demi ficará no programa de reabilitação por três meses.

No seu perfil do Instagram, nesta segunda-feira (7), Demi postou uma mensagem aos fãs em que diz que continuará lutando. Na mensagem, ela diz: "Tenho sido transparente sobre meu vício durante toda a minha jornada. O que eu venho aprendendo é que isso não é uma simples doença que desaparece com o tempo. É algo que eu preciso superar e ainda não consegui".​

A cantora, que já se tratava de distúrbios alimentares, bulimia, anorexia e automutilação,  agradeceu à sua família e time de médicos que a atendeu no hospital. "Eles ficaram o tempo todo ao meu lado e, sem eles, eu não estaria escrevendo essa carta à vocês ​", diz Demi. "Quero agradecer a Deus por me manter bem e sã e salva. Aos meus fãs, eu sou eternamente grata por todo o seu amor e apoio que eles têm dado ao longo de toda essa semana", afirma. "Os seus pensamentos positivos e orações ajudam a passar por esses tempos difíceis." 

Demi também não dá declarações em seu Twitter desde o dia 21 de julho.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem