Celebridades

Angelina Jolie demite advogada que a acompanhava em briga judicial contra Brad Pitt

Nova profissional foi contratada por 'defender interesses das crianças'

Brad Pitt e Angelina Jolie se divorciaram em 2016.
Brad Pitt e Angelina Jolie se divorciaram em 2016. - Reuters/Andrew Kelly
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Em meio à briga pela pensão dos filhos com o ex-marido Brad Pitt, 54, a atriz Angelina Jolie, 43, demitiu sua advogada, Laura Wasser. 

"Angelina decidiu mudar para Samantha Bley Dejean, já que a especialização de Samantha é a proteção e defesa de interesse das crianças", disse a porta-voz da atriz em entrevista à revista americana People. "Angelina aprecia a cooperação de Laura na transição do caso nas últimas semanas."

Uma fonte próxima à família já havia revelado que Angelina está focada em cuidar da sua família, e que continua a apoiar a reconciliação das crianças com Pitt.

Angelina Jolie e Brad Pitt passaram por um divórcio pouco amigável. Em junho, o site TMZ noticiou que eles não conseguiram entrar em acordo sobre uma agenda de visitas e uma decisão judicial ordenou que a atriz permita as visitas do ex-marido aos filhos.

Ainda não há uma decisão final sobre a guarda das crianças, mas até lá, Angelina deve permitir que Pitt tenha mais contato com os filhos. A atriz já deu ao ex-marido quatro horas de custódia em dias úteis e 12 horas nos finais de semana e feriados. 

A mais recente disputa entre Jolie e Pitt começou quando a advogada da atriz apresentou uma reclamação de que Brad Pitt não estaria pagando toda a pensão devida aos seis filhos do casal e pedindo que haja uma intervenção judicial para que o benefício seja cumprido.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias