Celebridades

Bella Piero conta que já teve fã obcecado nas redes sociais: 'É algo assustador'

Atriz interpreta fã obcecada na série 'Malhação - Vidas Brasileiras'

A atriz Bella Piero - Marcus Leoni/Folhapress
Cris Veronez
Rio de Janeiro

Em “Malhação - Vidas Brasileiras” (Globo), a atriz Bella Piero fez recentemente uma participação especial como a personagem Sofia, por meio da qual a trama aborda uma questão comum na juventude e que, se não for tratada, pode ser perigosa: a jovem é uma fã obsessiva que persegue o cantor Garoto (Pedro Maya) e não aceita o fim da relação.

A trama já havia tocado nos temas intolerância religiosa, assédio sexual na escola e transtornos alimentares.Segundo a atriz, a personagem se mostrou uma jovem inconsequente, que não pensa bem no que faz e no que fala.

“É um pouco desequilibrada. Apaixona-se pelo Garoto de forma obsessiva e começa a persegui-lo. Coloca na cabeça que vai conseguir namorá-lo”, explica. “Acho que isso é uma forma de compensar um vazio existencial enorme que ela tem.”

Na vida, a atriz de 22 anos conta ter vivido a situação oposta. E afirma não ter sido nada agradável: “Essa coisa de paixão platônica já aconteceu comigo e é algo assustador. A pessoa criou um Instagram falso e ficava me mandando mensagens do tipo: ‘Você está linda com essa blusa listrada’, ‘Você acabou de entrar no seu carro e a placa dele é tal’, ‘Sei onde você mora’”.

Bella conta que pediu para a pessoa se identificar, pois a situação havia passado dos limites. Diante da negativa do fã obsessivo, a atriz o bloqueou. “Normalmente, tenho o maior cuidado, carinho e vontade de falar com os meus seguidores. Acho essencial estar em contato.”

Fã de Brigitte Bardot, Catherine Deneuve, Audrey Hepburn (1929-1993), Glória Pires, Fernanda Montenegro e Marieta Severo, a intérprete de Sofia afirma nunca ter sido obsessiva.

Mas também relembra a época em que gostava do grupo musical mexicano RBD: “Eu tinha uns nove anos e era enlouquecidamente apaixonada por eles. A banda veio do México fazer um show no Rio e eu não consegui comparecer. Sempre digo ao meu namorado que eu veria o show deles até hoje, se viessem para cá. Mas sem psicopatia [risos].”

Ela aguarda com calma, agora, os próximos projetos. “Estou tomando cuidado para escolher a história que quero contar. Acho importante que isso esteja alinhado com meu momento de vida e com o que quero falar”, finaliza a jovem atriz carioca.

Personagem vítima de abuso abriu portas para a artista

Bella Piero estava fora do ar havia três meses, desde que a novela “O Outro Lado do Paraíso”, que foi exibida na faixa das 21h, chegou ao fim.

A atriz foi elogiada por público e crítica por sua atuação como Laura, na trama de Walcyr Carrasco. A personagem havia sofrido abuso sexual na infância por parte do padrasto. “Laura me mudou muito como atriz, como mulher, como ser humano. Me fez evoluir vidas.”

A atriz, inclusive, virou representante de uma campanha de empoderamento feminino da ONU (Organização das Nações Unidas), chamada “Ela decide seu presente e seu futuro”, que busca promover os direitos das mulheres.

“Acho que é impossível ser mulher hoje em dia, nesta sociedade machista e com essa cultura de estupro, e não ter passado por algum assédio moral, verbal, físico ou psicológico. E isso às vezes está no detalhe. É a piada que você escuta, a ridicularização, a inferiorização. Eu sempre vivi isso, mas agora eu não aceito mais.”

Após o trabalho em “O Outro Lado do Paraíso”, Bella chegou a receber propostas de trabalho da Netflix e de outros canais. A atriz, no entanto, não revela quais são seus próximo projetos.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias