Celebridades

Bruno Gagliasso presta queixa na polícia e diz que socialite precisa pagar pelo que fez

Bruno Gagliasso presta queixa na polícia após sua filha ser alvo de racismo
Bruno Gagliasso presta queixa na polícia após sua filha ser alvo de racismo - Cris Veronez/ F5


O ator Bruno Gagliasso, 35, esteve, na manhã desta segunda (27), na Cidade da Polícia, zona norte do Rio de Janeiro, para prestar queixa das ofensas racistas feitas pela socialite Day McCarthy contra Titi, 4, filha dele com a apresentadora Giovanna Ewbank, 31.

No domingo (26), a brasileira, que atualmente mora nos EUA, divulgou um vídeo chamando a menina de "macaca com cabelo de bico de palha", dentre outras ofensas de cunho racial. 

Ao deixar a delegacia, Gagliasso disse ao "F5" que espera justiça. "É por isso que estou aqui, como pai, como cidadão. Isso é crime e ela precisa pagar pelo que fez", afirmou. 

Em entrevista à imprensa, o ator comentou que o fato de McCarthy morar fora do país não a exime de responsabilidades legais. "Eu conversei com a delegada. Ela falou que é muito importante a gente estar aqui fazendo isso. É crime em qualquer lugar do mundo e ela vai responder por isso."

Gagliasso, que estava acompanhado de Luana Génot, fundadora e diretora executiva do Instituto Identidades do Brasil, também declarou ter ficado triste com o vídeo: "Uma sensação de impotência". "Eu senti o que qualquer ser humano decente se sentiria", disse. 

Sua mulher, a também atriz e apresentadora Giovanna Ewbank, 31, não o acompanhou porque "não havia necessidade". 

"Na minha cabeça, passa o que passa na cabeça de todo pai e de toda mãe que tem seu filho ofendido. E cabe a todo mundo que se sentiu ofendido e quer fazer diferença no mundo, ter atitude. Todo mundo tem que jogar junto", disse o ator. 

Esta é a segunda vez que Gagliasso e a mulher denunciam ofensas racistas contra a filha —Titi foi adotada pelos artistas em 2016. Em novembro do ano passado, Gagliasso prestou queixa por comentários racistas deixados em uma foto da filha publicada no Instagram de Ewbank

MAIS POLÊMICA

Também neste domingo (26), Day McCarthy compartilhou um vídeo dizendo que a cantora Anitta é usuária de cocaína. "Anitta cheira pó, sim! Cheirou pó na minha frente, eu ainda filmei, sem querer", disse. 

Esta não é a primeira vez que McCarthy é processada. Em agosto deste ano, Roberto Justus e Ticiane Pinheiro processaram a socialite por ofender a filha Rafaella, 8. Ela foi obrigada a retirar o vídeo com os comentários do ar e excluir sua conta do Instagram, com cerca de 100 mil seguidores à época.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem