Celebridades

'Eu tinha na minha porta todos os dias o caminho do crime', diz cantor Naldo Benny 

Hoje Naldo Benny faz sucesso como cantor, mas poderia não ter sido assim. "Eu tinha na minha porta todos os dias o caminho do crime, da droga e não tive amparo de uma instituição que pudesse me dar um curso, por exemplo. As oportunidades que apareceram para mim, eu agarrei e consegui ir adiante", disse.

"As pessoas na favela não têm oportunidades. Elas chegam de outros estados, têm filhos que crescem e morrem ali dentro, sem conhecer Copacabana. E não é só combater ou reprimir, e sim dar o caminho. Tem muita gente com talento ali dentro", completou o músico durante entrevista a Faa Morena, apresentadora do "Ritmo Brasil", da RedeTV!

JOÃO SUPLICY 

A atração, que vai ao neste sábado, a partir as 18h30, também teve a participação do músico João Suplicy que, durante a entrevista, falou sobre o pais, o vereador de São Paulo Eduardo Suplicy (PT). 

"Parece que ele está aqui na Terra para uma missão, porque a vida dele é isso. Se ele não estivesse fazendo as coisas através da política, estaria de outra maneira tentando ajudar a melhorar a vida das pessoas e ele vai fazer isso até morrer", diz o músico.


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem
[an error occurred while processing this directive]