Você viu?

História de advogada que virou acompanhante de luxo em Brasília ganha destaque na imprensa internacional

A história de Cláudia de Marchi, 34, recebeu destaque na imprensa internacional esta semana. Ex-advogada, Cláudia se tornou acompanhante de luxo em Brasília e revelou à coluna Rede Social, da Folha, que "sexo era o que havia de mais especial" em seus relacionamentos.

A troca de profissão de Cláudia teve atenção especial na imprensa britânica. Os jornais "The Sun", "Mirror", "Daily Mail" e "Daily Star" publicaram notícias sobre Cláudia. "Eu simplesmente amo sexo", cita o título deste último.

Advogada vira acompanhante de luxo em Brasília
'Advogada brasileira explica o motivo para largar a carreira e se tornar prostitua por sugestão de sua mãe', diz a matéria do 'Mirror' - Reprodução

Não foi só no Reino Unido que a acompanhante de luxo ganhou os olhos da imprensa. Jornais do Sri Lanka, México e Bélgica também contaram sua história. "A advogada nem se preocupou em usar um pseudônimo", destacou o mexicano "El Debate".

Advogada vira acompanhante de luxo em Brasília
'Claudia de Marchi, de advogada a prostituta', escreveu o 'El Debate' - Reprodução

Para exercer a nova profissão, uma das mais antigas do mundo, a gaúcha de Passo Fundo foi de mala, cuia e laptop para Brasília. Ela deixou para para trás ainda uma carreira de professora universitária em Mato Grosso. "Resolvi aproveitar só a cereja do bolo", disse.


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem