Você viu?

Criador do tema da Ultragaz fala do 'grau de elaboração' do hit 'Ó o Gás'

O que o criador do tema da Ultragaz tem a dizer sobre a versão "funkeada" da música que já se tornou, ao lado de "Deu Onda", de MC G15, o hit do verão? "Aquele negócio dá arrepio, eu jamais mandaria para o ar uma coisa com aquele grau de acabamento", afirma Hélio Ziskind, autor da composição original. 

Ele contou à TripTV que a canção para os caminhões de gás surgiu a fim de criar uma "identidade musical" para marca. Naquela época, lá pelos idos de 1989, usava-se apenas buzinas para anunciar a venda do produto. 

"Busquei sintetizar algumas coisas e comecei a jogar com esses três elementos: o botijão batendo, uma coisa afetiva de violino e uma flauta com bastante eco. Dava uma personalidade para essa melodia, algo como o logotipo sonoro. O caminhão entrava tocando essa música tanto na favela de Heliópolis quanto no Morumbi." 

Para Ziskind, a versão criada por Alessandro Santos que foi divulgada na internet por Renan Vinícius, amigo do jovem, "não transmutou [a original] em outro ritmo".

"É o carnaval brincando com uma coisa. Virou vinheta no Cartoon Network, o pessoal da Ultragaz dançou... Vou falar para o povo brasileiro que isso aí tá errado? Não tá, não."

O músico, autor de composições como a do "Castelo Ra Tim Bum" e "Cocoricó", diz que não existe alta cultura ou baixa cultura porque "não é alta ou baixa, mas boa ou ruim". E, para ele, "Ó o Gás" "tem um grau de elaboração" respeitável.



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem