Televisão

Ney Latorraca anuncia aposentadoria aos 73 anos: 'Não quero mostrar minha decrepitude' 

Os atores Claudia Ohana e Ney Latorraca em cena do musical "Vamp"
Os atores Claudia Ohana e Ney Latorraca em cena do musical "Vamp" - Divulgação


Aos 73 anos, Ney Latorraca estreia em São Paulo o musical "Vamp", produção da Aventura Entretenimento que fez temporada de sucesso no Rio de Janeiro no início do ano. 

O espetáculo é adaptado da novela homônima exibida na Globo em 1991, na qual o ator interpretou o vampiro Conde Vlad, personagem que reprisa no palco.

Ney pretende aproveitar o êxito de Vamp para encerrar a carreira "com chave de ouro".

Durante entrevista coletiva, o ator anunciou que vai se aposentar. "Está na hora de eu parar. Não quero mostrar minha decrepitude. Quero ficar em casa, descansar, viajar."

Ele afirma que deixará o teatro, a televisão e o cinema. Justificando sua aposentadoria, Ney conta que desenvolveu excentricidades com a idade: "envelheço 500 anos quando sentam na minha cadeira que fica na coxia", e brinca que os outros atores da peça poderiam ser seus tataranetos. 

O anúncio fez a equipe do espetáculo e a imprensa insistirem para que o ator volte atrás na decisão. Ele retrucou dizendo que só falará do assunto em matérias de capa: "quando nasci, a primeira coisa que perguntei foi 'é capa?'", diz.

Famoso por seus trabalhos cômicos na televisão, Ney esteve em musicais como a montagem de "Hair" de 1970, que teve Antônio Fagundes e Sonia Braga no elenco, e "Jesus Cristo Superstar" dois anos depois. 

No teatro, esteve no grande sucesso "O Mistério de Irma Vap", que ficou em cartaz durante vários anos e virou filme em 2006. 



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem