Tony Goes

Ei, Danilo Gentili, você precisa crescer um pouco


O apresentador e humorista Danilo Gentili
O apresentador e humorista Danilo Gentili - Reprodução/Twitter/@DaniloGentili


E aí, Danilo, tudo bem?

Antes de mais nada, deixa eu prestar a minha solidariedade a você. Eu sei como é chato ter que enfrentar um processo por danos morais. Fui processado em 2016 por um sujeito que não gostou de umas coisas que eu disse sobre ele aqui neste meu espaço no "F5". Ele perdeu o processo.

Você se lembra de mim? Em 2013, eu critiquei a maneira como você conduziu uma entrevista com o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), no seu extinto talk show “Agora é Tarde” (Band). Você me rebateu no seu extinto blog “Respondendo aos Idiotas”, dizendo que eu não era “neutro”. 

Colunista não pode ser neutro, mas vá lá. Você também postou no blog uma foto minha onde eu apareço maquiado por Photoshop, insinuando que eu sou gay. Pois é, sou mesmo, e parei de me ofender com alguém me chamando de gay quando eu tinha uns 12 anos de idade.

Você também precisava criar uma casca mais grossa. Acho que a deputada Maria do Rosário (PT-RS) exagera quando quer que você responda na Justiça por causa de uns tuítes malcriados. Concordo plenamente com a camiseta que você usa na foto que ilustra seu perfil no Twitter: “Se você não aguenta uma piada, foda-se”.

Mas você só deu munição à parlamentar com a sua resposta em vídeo. Rasgar a notificação em pedacinhos, enfiá-los na cueca e depois mandá-los de volta “com cheirinho especial” foi uma atitude digna de um adolescente.

Seu público fiel adorou, claro. No YouTube e no Twitter, pululam os elogios à sua atitude destemperada. Mas aqui, no mundo dos adultos, muita gente ficou pasma. Cara, você tem 37 anos!

Mais impressionante ainda foi ver a ideia distorcida que você tem da democracia. Dizer que é você quem paga os salários dos deputados, portanto é você quem decide o que eles podem ou não dizer, lembra aqueles filhinhos de papai que mandam o professor calar a boca porque são eles (ou o papai deles) que pagam o colégio.

Maria do Rosário não é sua empregada. Ela responde, principalmente, aos eleitores que a mandaram ao Congresso --e quanto você quer apostar que a maioria deles a apoia neste embate?

Além do mais, uma democracia para valer não pode depender do que a gente paga ou deixa de pagar. O direito à liberdade de expressão não está condicionado aos impostos que o Estado nos cobra. Se porventura não pagarmos nada, a liberdade de expressão continua lá.

Uma liberdade que você tanto preza e, no entanto, está numa emissora cujo proprietário já proibiu seus contratados de emitir opiniões no ar. Boa sorte aí, porque você vai precisar. 

Também desejo sorte para que você mantenha seus anunciantes. Alguns deles talvez não gostem de associarem suas marcas a alguém que se gaba de seu “cheirinho especial”. 

Ah, e não se esqueça: sua concorrência está mais acirrada --e adulta-- do que nunca. Crescer um pouco, um teco que seja, só vai lhe fazer bem.

Tony Goes

Tony Goes tem 56 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.blogspot.com

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem