Publicidade

colunistas - renato kramer

"A Fazenda 4": A expulsão

10/08/2011 - 08h41

Publicidade

DE SÃO PAULO

A regra é clara: violência física é absolutamente proibida.

A lutadora de boxe Duda Yankovich foi expulsa ontem à noite de "A Fazenda 4". Motivo: deu um tapa no ouvido do ator Thiago Gagliasso durante o campeonato de basquete aquático.

Ironia do destino, a lutadora vinha sendo mesmo uma espécie de conciliadora entre os participantes. A cada conflito entre os colegas, ela ia até as partes e conversava, tentando encontrar um denominador comum para a situação.

Como pessoa, mesmo que tenha feito parte de uma política do jogo, teve uma reação muito civilizada depois de ter esfriado a cabeça. Foi até o ator e pediu-lhe perdão com emoção e visível sinceridade. Mas o mal maior já tinha acontecido. Thiago a perdoou. A direção do programa não.

E nem poderia. Apesar de ter tido uma conduta bastante elogiável durante o tempo que permaneceu na fazenda, se não fosse penalizada de forma exemplar, a produção poderia estar abrindo uma brecha perigosa na estrutura do programa. Se os participantes já "quase se matam" verbalmente em repetidas ocasiões, imaginem se pudessem reagir à tapa por qualquer motivo que fosse.

Antonio Chahestian/Divulgação/Record
Duda Yankovich foi expulsa de "A Fazenda 4"
Duda Yankovich foi expulsa de "A Fazenda 4"

Durante o dia inteiro, muitos peões foram prestar a sua solidariedade à Duda, mas pareciam não acreditar que viesse a expulsão.

Logo após o episódio na piscina, as reações foram bem diversas.

"Ela deu na cara dele. Agrediu", afirmou Gui Pádua. Depois, foi um dos que mais chorou a possibilidade da saída de Duda.

"As máscaras estão caindo", disse a modelo Taciane para a personal trainer Joana Machado sobre a atitude de Duda. "Pois é... depois só eu que sou a barraqueira, só eu que sou isso e aquilo...", acrescentou Joana. "Se é comigo, isso aqui vira um horror!", afirmou o ex-jogador Dinei, que não suportaria que ninguém lhe esbofeteasse por nenhum motivo que fosse.

"Se eu sair agora eu perco tudo!", segredou Duda Yankovich para Anna Markun. No almoço de ontem, tanto Anna quanto Duda fizeram um pequeno discurso na mesa, falando sobre suas percepções e aprendizados no confinamento. "Autoconhecimento" foi a palavra-chave.

Compadre Washington, que não é de se manifestar muito, pediu a palavra, mas quase não conseguiu falar. Contou a todos que nem era para estar lá, pois perdera uma irmã dias antes de estrear o programa. Todos o apoiaram, com palavras e abraços.

Mas ele foi pra roça. Com a expulsão de Duda Yankovich, que será substituída por um novo integrante, a prova do fazendeiro ficou só entre Taciane, Joana e o Compadre. Mais uma prova bem elaborada, dinâmica e um tanto mais ágil que as anteriores. O Compadre e Taciane estão na roça. Joana Machado venceu. Ela é a nova fazendeira.

E foi a ela que coube a árdua tarefa de, voltando para a sede da fazenda, dar a notícia que muitos peões temiam escutar: Duda foi expulsa. Choro geral.

"As pessoas me veem como 'casca grossa'. Eu sou uma mulher, eu sou frágil, eu preciso de proteção", dissera Duda Yankovich momentos antes. "Não queria que terminasse assim", concluiu.

Renato Kramer

Natural de Porto Alegre, Renato Kramer formou-se em Estudos Sociais pela PUC/RS. Começou a fazer teatro ainda no sul. Veio para São Paulo e ingressou na Escola de Arte Dramática (USP), formando-se ator. Escreveu, dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Fez algumas colaborações para a Ilustrada e, sempre a convite, assinou a coluna Antena, da "Contigo". Nesse meio tempo, fez crítica de teatro para o "Jornal da Tarde" e na rádio Eldorado AM. Mais recentemente foi colunista da Folha.com, comentando o BBB11. Atualmente, além de atuar, cursa Filosofia.

  • Últimas notícias 
  •  

gostou? leia também

  •  

Publicidade

resumo das novelas

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha