Publicidade

"O Dentista Mascarado" estreia com o freio de mão puxado

06/04/2013 - 12h15

Publicidade

Toda a equipe envolvida no novo seriado de humor que estreou nesta sexta-feira (5), "O Dentista Mascarado" (Globo), é reconhecidamente hábil e talentosa, mas alguma coisa travou o humor da turma no primeiro episódio.

Kate Moss e Sharon Stone dão selinho beneficente em São Paulo
Sutiã de Morena rouba a cena involuntariamente em "Salve Jorge"
Rafinha Bastos não engole fora e tenta reverter repercussão negativa

Desde os craques roteiristas, o casal Fernanda Young e Alexandre Machado --que têm em seu currículo trabalhos como "Os Normais", "Minha Nada Mole Vida", "O Sistema" e "Macho Man"-- passando pelo experiente diretor José Alvarenga Jr. ("Sai de Baixo", "A Diarista", "Força Tarefa", "O Divã", entre outros) e ainda contando com um elenco de ponta - parecia que a bola quicava e era só chutar no gol.

Talvez a expectativa tenha ficado maior do que devia. Especialmente no que diz respeito à estreia oficial do comediante Marcelo Adnet na Rede Globo de Televisão --ele que há muito vinha fazendo grande sucesso na MTV. E não se pode dizer que Adnet não esteve bem. Ele só parecia estar numa roupa nova, com a qual ainda não ficou muito à vontade. Questão de tempo.

À vontade, linda,leve e solta estava a atriz Taís Araújo, vivendo a trambiqueira Sheila. Com sua eterna cara de menininha, basta colocar uma peruca, um par de cílios e um batom vermelho e Taís se transforma no 'mulherão que arrasa quarteirão'.

Competente em todos os personagens que realiza, marcou presença o ator Diogo Vilela como o rabugento detetive Müler. E, por experiência, talento e até por sentir-se menos nos holofotes, quem mais se destacou nesse primeiro episódio foi o veterano Otávio Augusto, vivendo com brilho o ex-policial Eurico. A cena em que ele não deixa o filho (Adnet) confessar que é dentista, inventando mil e uma profissões que começasse com 'de' foi das mais divertidas.

Leandro Hassum, que também parecia um tanto preocupado em fazer rir, já mostrou a sua espontaneidade e soltura em vários momentos de grande humor na telinha. Na estreia de "O Dentista Mascarado" o comediante também estava com o freio de mão puxado. Talvez venha com o tempo a química perfeita de "dupla de comediantes" que ele já conseguira com o colega Marcius Melhem ("Os Caras de Pau").

A estreia deixou a desejar, mas com tantos profissionais de primeira qualidade, "O Dentista Mascarado" tem tudo para conseguir bons resultados na sequência. É só 'azeitar' as peças e deixar rolar frouxo.

  • Últimas notícias 
  •  

gostou? leia também

  •  

Publicidade

resumo das novelas

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha