Celebridades

Após Rock in Rio, Pabllo Vittar tem três músicas entre as mais tocadas no Brasil e cachê dobrado

O céu é o limite para Pabllo Vittar, 22. Depois de lançar músicas em parceria com Anitta e Preta Gil, a cantora dividiu o palco principal com a americana Fergie no Rock in Rio, no dia 16 de setembro.

A visibilidade que Pabllo ganhou no evento a fez quebrar recordes nacionais. No Spotify, plataforma de música digital, a artista foi a primeira a emplacar três músicas no top 5 nacional.

"Sua Cara" lidera a lista das músicas mais tocadas no país. A parceria de Pabllo com Anitta e o trio de Djs Major Lazer é reproduzida cerca de 289.775 vezes por dia. Para o clipe da canção tem superprodução no deserto de Marrocos. O vídeo já foi visto mais de 20o milhões de vezes.

O novo hit de Pabllo com Mateus Carrilho, "Corpo Sensual", vem em segundo no ranking do Spotify, ouvida 277 mil vezes por dia. No clipe, a cantora beija Carrilho e incentiva o uso de camisinha.  Lançado no YouTube no dia 6 de setembro,  já teve mais de 48 milhões de visualizações.

"K.O" está em quinto lugar com 258 mil reproduções diárias —depois de "Fazer Falta", do Mc Livinho, e "Encaixa", Mc Kevinho. No YouTube, o vídeo foi postado há 5 meses e já possui 176 milhões de visualizações. 

CIFRÕES

Os números do sucesso de Pabllo podem ser medidos também em cifrões. Antes da apresentação com Fergie, a cantora cobrava cerca de R$40 mil por show. Segundo o jornal "Extra", esse valor duplicou depois do Rock in Rio.

O cache mínimo agora é de R$80 mil e, dependendo do público e da apresentação, um show pode custar R$ 120 mil.

SEGUIDORES

Pabllo também é uma personalidade influente na internet. Em junho deste ano, ultrapassou em número de seguidores no Instagram RuPaul, a drag queen mais famosa do mundo.

Na época, Pabllo Vittar contabilizava 1,4 milhão de seguidores e RuPaul 1,3 milhão. Mas os números não pararam de aumentar.

Nos últimos três meses, Pabllo ganhou 3 milhões de seguidores na rede social, totalizando 4,4 milhões e ultrapassando, inclusive, a americana com quem esteve no palco do Rock in Rio. Fergie ficou para trás com 4,3 milhões de seguidores no Instagram.

CURA GAY

A figura de Pabllo Vittar também é representativa na luta conta a opressão sexual. Após a apresentação no Rock In Rio, muitos famosos elogiaram a cantora. 'Sua figura é a voz de muita gente sufocada', disse Fábio Assunção em sua rede social. 

E, em protesto à limiar que permite tratar homossexualidade como doença, aprovada no dia 15 de setembro, Vittar se manifestou em seu instagram: 'NÃO SOMOS DOENTES'. Como ela, outras celebridades endossaram a luta contra a cura gay.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem