Você viu?

Repórter viraliza ao falar seis idiomas com fluência nas Olimpíadas

Philip Crowther fala de luxemburguês a português

Philip Crowther, jornalista luxemburguês, viraliza na web com cobertura em Tóquio em 6 idiomas - Twitter/@PhilipinDC
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O jornalista Philip Crowther, que está cobrindo os Jogos Olímpicos de Tóquio, deixou internautas surpresos por ser fluente em seis idiomas. Nesta segunda-feira (26), um vídeo do repórter com trechos onde ele fala em luxemburguês, alemão, espanhol, português, francês e inglês viralizou nas redes sociais.

Crowther publicou o registro em seu Twitter e brincou: "Meu pequeno ato de circo". O repórter poliglota fazia transmissões para a emissora dos Estados Unidos PBS, a alemã DW e a francesa EuroNews, que transmite notícias em pelo menos 16 idiomas diferentes.

Natural de Luxemburgo, ele é jornalista internacional afiliado da Associated Press. Crowther é filho de um inglês com uma alemã, e conta que aprendeu "a falar luxemburguês com meus amigos". Ele diz, em entrevista a ABC em 2019, que conheceu "o francês muito cedo, na escola. Na faculdade, adicionei o espanhol e o português".

No Twitter, internautas ficaram chocados e fizeram brincadeiras com o fato. "O cara pegando 'freela' de correspondente internacional em todos os canais", disse um internauta. "Se eu pudesse ganhar qualquer habilidade instantaneamente, queria ser poliglota desse jeito", revelou um segundo.

"As configurações para poliglota foram atualizadas", brincou outra. "Meu Deus, eu falhei na vida. To olhando para esse cara e só consigo pensar isso. Tá tudo errado. Profissional de qualidade esse Philip Crowther!", pontuou um quarto.

Outro assunto que também se tornou viral durante a primeira semana das Olimpíadas foram os atletas "sósias" de celebridades. Fãs compararam nomes como Lady Gaga, 35, Drake, 34, e até mesmo Marília Mendonça, 26, com competidores da Olimpíada.

A cantora pop foi comparada com Julyana Al-Sadeq, atleta de taekwondo da Jordânia. O assunto viralizou no Twitter e fãs criaram memes e piadas com a semelhança. "A Lady Gaga tá em todo lugar, o 'gagaverso' é real", disse um. "Agora entendi porque a Lady Gaga abandonou a era Chromatica do nada", brincou outro.

Al-Sadeq perdeu para a brasileira Milena Titoneli na competição de taekwondo feminino de 67 quilos, na madrugada desta segunda-feira (26). A rainha da sofrência Marília Mendonça também teve sua "sósia" encontrada no evento.

Fãs compararam a artista à veterana do skate brasileiro, Pâmela Rosa. "A Pâmela tem uma vibe Marilia Mendonça maloqueira", disse uma internauta. "A Pâmela é a Marília Mendonça do Skate", pontuou um segundo. Rosa não conseguiu se classificar para a final da modalidade.

Rayssa Leal, 13, foi a representante do Brasil e conquistou a medalha de prata. O jogador Wallace, da seleção de vôlei masculina, também não ficou de fora das comparações. O atleta foi apontado como sósia do cantor Drake.

"A gente tem um Drake brasileiro no time de vôlei", afirmou um. "Wallace é a cara do Drake juro por Deus", escreveu uma segunda. Nesta quarta-feira (28), o time brasileiro enfrenta a Rússia e em sequência, jogará com Estados Unidos e França.

O cantor Felipe Dylon, 34, dono do hit "Musa do Verão", também foi comparado com um atleta. A comentarista de skate no SporTV, Karen Jonz, chamou o skatista americano Jagger Eatton de "Felupe Dylon americano".

A brincadeira viralizou e até famosos utilizaram o apelido. O youtuber Felipe Neto, 33, escreveu em seu Twitter durante a competição de skate: "Que vontade de dar uma tapa na orelha desse Felipe Dylon americano".

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem