Você viu?

Restauração deixa obra de arte irreconhecível na Espanha

Trabalho já recebeu os apelidos de 'novo Ecce Homo' ou 'Ecce Homo de Palência'

Obra restaurada na cidade de Palência, na Espanha
Obra restaurada na cidade de Palência, na Espanha - Reprodução
Erramos: esse conteúdo foi alterado
São Paulo

O objetivo era restaurar uma obra de arte de um edifício ornamentado na cidade de Palência, na Espanha, mas o resultado foi desastroso. A figura que mostrava o rosto sorridente de uma mulher ao lado de um rebanho ficou completamente irreconhecível após o trabalho.

"Parece um personagem de desenho animado", criticou o artista Antonio Capel, que postou em seu Facebook as fotos do antes e depois da restauração.

O trabalho já recebeu os apelidos nada carinhosos de "novo Ecce Homo" ou "Ecce Homo de Palência". Trata-se de uma referência a uma restauração desastrosa feita por uma pintora amadora em um afresco quase centenário que retratava Jesus na igreja da cidade de Borja, também na Espanha.

Apesar de ter sido muito criticado em 2012, o afresco acabou chamando tanto a atenção nas redes sociais que virou ponto turístico. Milhares de turistas acabaram indo visitar a cidadezinha de 5.000 habitantes por causa dele.

O edifício que abriga a obra é de uso misto, tendo tanto apartamentos residenciais quanto salas comerciais. De acordo com a revista Architectural Digest España, foi obra do arquiteto Jacobo Romero e foi feito para Federação Católica-Agrária.

A construção é de 1919 e pertence a um banco. A Prefeitura disse que não poderia fazer nada a respeito, por se tratar de um edifício particular. Não há informações sobre o responsável pelo trabalho de restauração.

ERRAMOS: O conteúdo desta página foi alterado para refletir o abaixo

​Antonio Capel não foi o responsável pela restauração da obra em Palência. O título e o texto foram corrigidos.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem