Você viu?

Navio de cruzeiro sai da rota original e encontra pescadores perdidos no mar

Homens saíram da Costa Rica, ficaram 20 dias à deriva e foram encontrados perto da Jamaica

Navio Royal Caribbean resgata pescadores à deriva
Navio Royal Caribbean resgata pescadores à deriva - Reprodução/Twitter

São Paulo

Dois pescadores viveram uma história de cinema no final de 2018. Perdidos há mais de 20 dias no mar, eles foram resgatados por um navio. O caso aconteceu no dia 21.

O curioso é que não era para o navio fazer a rota que o permitiu localizar os náufragos. O Empress of the Seas teve de mudar o trajeto por conta do tempo ruim na rota original.

No fim de novembro, os dois homens saíram do litoral da Costa Rica, na América Central, para pescar. Sem dar notícia, eles foram considerados desaparecidos desde 1º de dezembro.

Eles ficaram em alto-mar até que o sistema de radar do Empress of the Seas, da empresa Royal  Caribbean, captou a presença do pequeno barco dos dois e fez um pequeno desvio de rota para resgatá-los.

A dupla foi encontrada entre as ilhas da Jamaica e das Ilhas Cayman, a cerca de 1.200 km de distância do ponto de onde saíram.

O meteorologista-chefe da Royal Caribbean, James Van Fleet, publicou, em sua conta no Twitter, fotos do resgate realizado por oficiais e tripulantes do navio. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem