Você viu?

Youtubers fazem sucesso com dicas do Brás e da 25 de Março

Elas conquistam seguidores com vídeos mostrando as novidades do comércio popular

A  youtuber Ruama Melo grava vídeo em loja do Brás, no centro de São Paulo
A youtuber Ruama Melo grava vídeo em loja do Brás, no centro de São Paulo - Rivaldo Gomes/Folhapress

Descrição de chapéu Agora
Tatiana Cavalcanti
São Paulo

Para comprar mais barato, não basta ir até comércios populares, é preciso saber pechinchar, conhecer as tendências e escolher produtos de qualidade, mesmo com preços mais baixos. É com essas e outras dicas aos consumidores sobre o comércio do Brás e da rua 25 de Março, na região central de São Paulo, que mulheres têm se tornado famosas no YouTube, ganhando cada vez mais curtidas.

Com mais de 136 mil seguidores em seu canal do YouTube, Qual a Novidade?, Ruama Melo, 33, se classifica como uma "amiga da internet". Com o celular na mão, e muita espontaneidade, ela caminha com a câmera ligada por algumas das ruas mais conhecidas do Brás, Vautier e Tiers, mostrando os produtos expostos. "Quanto custa esse? Olha que cores lindas! Xadrez será a tendência no inverno, viu", diz, gravando um vídeo.

Ruama fala da importância em oferecer conteúdo relevante. "Gosto de dar dicas que realmente serão úteis às pessoas", diz a youtuber, que mora na zona leste, edita os vídeos, alguns assistidos por mais de 150 mil pessoas, e trabalha 12 horas por dia para cerca de 30 clientes –lojas a contratam para mostrar produtos nos vídeos.

Na rua 25 de Março, Luana Amara, 28, é especialista em maquiagem e manda bem nas dicas de como buscar bons preços. "Aquela rua em si é ótima para compras, mas se buscar as ruas paralelas, é possível comprar mais por menos", afirma.

Luana Amara eixou um emprego como secretária-executiva para se dedicar exclusivamente ao canal. E também oferece um serviço de compra de produtos para seus clientes. "A pessoa deposita um valor na minha conta e diz o que ela precisa comprar. Por exemplo: blush, batom, delineador e outros. Aí vou, compro e envio por frete. E tudo isso começou por causa dos vídeos com dicas de maquiagem."

Ser reconhecida nas ruas é comum para a youtuber Ruama Melo. Ao gravar seus vídeos, acompanhada pela reportagem na última quinta (10), ela foi abordada por cinco fãs em cerca de 20 minutos. Enquanto conversava com duas delas, Ruama ouviu uma terceira passando e gritando: "Ruama, maravilhosa, eu te amo, obrigada".

"Ela é a superfamosa do Brás. Não dá só dicas de como comprar mais barato, mas também das novas tendências. Sigo tudo que ela indica, e dá certo", afirma a lojista Elaine Fabi, 39, de Ourinhos (a 378 km de São Paulo).

Ruama afirma que tem fãs também em Portugal, na Espanha, no Japão, na Argentina e no Uruguai.

AUMENTO NAS VENDAS

Os lojistas recepcionam a youtuber Ruama Melo com um sorriso largo no rosto. "O último vídeo que você fez bombou, ajudou muito", diz a comerciante Maria Angélica Oliveira dos Santos, dona da Prada Charme, no Brás. Ela conta que suas vendas aumentaram cerca de 60% desde outubro, quando Ruama começou a falar de sua loja no YouTube. "Quase todos os clientes me dizem que conheceram a loja pelo canal dela", afirma.

Jamel Mostafa, 50, dono da loja Vegas Atacadista, afirma que em dois meses, desde que Ruama passou a indicar a loja, as vendas subiram 30%.

Os vídeos no YouTube fazem sucesso porque falam diretamente com o consumidor, que gosta de ser informado dessa maneira direta e espontânea. É o que diz a professora Luna Gutierres, coordenadora do MBA em Digital Data Marketing da Fiap.

"As pessoas querem falar com pessoas. Querem sentir o que é real, não propagandas distantes de marcas. E quando esses vídeos falam em linguagem próxima à de quem assiste, causa uma identificação", diz Luna. Para a professora, os youtubers que tenham conteúdo novo, saibam identificar onde está o interesse, se reinventar e adiantar tendências, terão vida longa. "Esse fenômeno não é passageiro."

 
Agora
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem