Você viu?

Menino chinês chega à escola congelado e foto viraliza

Wang Fuman, 8, caminha cerca de 4,5km para chegar à escola, no vilarejo vizinho
Wang Fuman, 8, caminha cerca de 4,5km para chegar à escola, no vilarejo vizinho - Reprodução

DE SÃO PAULO

Nos últimos dias a imagem de um menininho chinês com o cabelo congelado  viralizou. Mas a história por trás da foto não é tão fofa quanto parece. Wang  Fuman, 8, caminha 4,5km todos os dias para ir à escola, em temperaturas que chegam à -9ºC. 

Fumam mora em Zhaotong, zona rural da província de Ludian, no sul da China. Segundo o "El País", o garoto caminha cerca de uma hora e meia para chegar à escola de Zhuanshanbao, no vilarejo de Xinjie. Como resultado da caminhada e da roupa fina, o garoto chega sempre à escola com o cabelo, sobrancelhas e mãos congeladas.

Wang mora em uma casa de barro com teto de palha, junto da avó e da irmã mais velha. A mãe deixou a família e o pai não retorna para casa há meses, pois trabalha em outra cidade. No país, crianças como Fuman pertencem ao grupo de "crianças abandonadas", que não vivem com os pais porque eles trabalham em outros municípios.

Mas, apesar de toda a dificuldade, Wang nunca falta às aulas. Um professor da escola decidiu fazer as fotos e enviá-las ao site "​thepaper.cn", que divulgou as imagens na internet e chamou a atenção de muitas pessoas. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem