Viva Bem

Páscoa pode ser oportunidade para aumentar a renda com fabricação e venda de ovos caseiros

Sabores variados e bons preços são apostas para atrair clientes

Lara Almeida faz ovos de páscoa para presentear e também para vender
Lara Almeida faz ovos de páscoa para presentear e também para vender - Ronny Santos - 27.mar.2019/Folhapress
Géssica Brandino
São Paulo

Os altos preços dos ovos de Páscoa no mercado fizeram a estudante Lara Almeida, 16 anos, buscar vídeo-aulas na internet para aprender a fazer uma receita. Moradora do Jardim Ângela (zona leste da capital), ela fez os primeiros ovos de chocolate no ano passado apenas para presentear a família, e a ideia foi um sucesso.

Incentivada pelos familiares, Lara decidiu que neste ano faria ovos de Páscoa para vender. Ela conta que, com a ajuda dos amigos e do irmão —​que faz artes para divulgar os doces nas redes sociais—​, recebeu dez encomendas em menos de um mês.

“É algo que realmente funciona. Conforme o tempo vai passando, você vai vendo mais coisas que pode fazer para inovar”, diz. Os ovos de chocolate que ela vende custam de R$ 26 (simples) a R$ 45 (de colher).

A auxiliar administrativa Núbia Pifano, 27 anos, é ainda mais novata e está fazendo ovos de chocolate pela primeira vez neste ano. Moradora de Viçosa (MG), ela começou a fazer brigadeiros há cinco meses, durante um tratamento contra depressão, e diz encarar a produção como uma terapia. Com a proximidade da Páscoa, decidiu se aventurar na fabricação de ovos: investiu parte do salário em um curso online, embalagens e ingredientes.

Com quase 30 encomendas e pedidos que não param de chegar, ela diz que, neste momento, o objetivo não é lucrar. “O importante é a pessoa comprar, gostar e fazer propaganda para o próximo ano.” Os preços variam de R$ 10 (100 g) a R$ 45 (350 g).

Há cinco anos trabalhando como confeiteira, Bruna Silva, 27 anos, pretende faturar R$ 3 mil nesta Páscoa —​os ovos custam de R$ 18 (simples de 150 g) a R$ 90 (de colher de 1 kg). Moradora do Jardim Santo André (zona leste), ela começou fazendo bolos para amigas e aprendeu tudo sozinha. Aos poucos, formou sua clientela e se registrou como MEI (Microempreendedor Individual).

Neste ano, para aumentar as vendas, Bruna decidiu focar no público infantil. Ela passou a oferecer um “kit confeiteiro” —​caixa especial com itens para que a criança faça seu próprio ovo de colher—​ e, após mais de 50 pedidos, encerrou as encomendas para os pequenos. A produção de ovos de Páscoa para adultos, ressalta ela, segue a todo vapor.

Iniciantes podem optar por chocolate fracionado

Preferido entre os iniciantes na arte do ovo de Páscoa, o chocolate fracionado é aquele em que a manteiga de cacau é parcialmente substituída por outro tipo de gordura vegetal. A diferença do chocolate fracionado é que, ao fazer o ovo de Páscoa, não é necessário passar pelo processo de controle de temperatura —chamado temperagem—​, imprescindível quando se usa o chocolate tradicional.

O processo consiste em dar um choque térmico no chocolate derretido, para garantir que o ovo não derreta após sair da geladeira.

Lara e Núbia costumam usar chocolate fracionado em seus ovos de Páscoa. Com mais experiência no ramo da confeitaria, Bruna conta que utiliza apenas chocolate tradicional em seus produtos.

Durante o preparo, ela recomenda usar um termômetro para controle da temperatura, que varia conforme a porcentagem de cacau na massa. Sobre o método, ela diz o seguinte: retire o chocolate derretido aos 40 graus e derrame-o sobre uma pedra de mármore, mexendo até chegar a 28 graus. Feito isso, basta colocar o chocolate na forma e levá-la para a geladeira.

 

Ovo de Páscoa de colher é tendência entre os caseiros

A casca de chocolate recheada até o topo, em condição perfeita para uma degustação com colher, é o produto mais procurado pela clientela de Lara, Núbia e Bruna, que encontraram na venda de ovos de Páscoa uma fonte de renda.

Com poucas opções do tipo nos supermercados, quem faz ovos para consumo próprio, para presentear ou para vender pode apostar na criatividade ao preparar a receita.

Vale, por exemplo, combinar brigadeiro e beijinho, clássicos das festas infantis. Outra opção é produzir um brigadeiro de churros, polvilhar com canela e finalizar com doce de leite. Quem não tem habilidade com o fogão pode, ainda, apostar no recheio de Nutella polvilhado de leite ninho.

Como o excesso de recheio é uma característica do ovo de colher, quem não está a fim de algo muito doce pode apostar no chocolate meio amargo combinado com frutas cítricas como limão e maracujá.

Para quem deseja entrar nesse mercado e ter sucesso nas vendas, Bruna recomenda investir em produtos de boa qualidade, a começar pelo chocolate. O esforço e o investimento, diz ela, farão diferença junto aos clientes.

Ovos de Páscoa feitos pela confeiteira Bruna Silva
Ovos de Páscoa feitos pela confeiteira Bruna Silva - Arquivo Pessoal

Receita da Lara: Ovo de colher sabor Kit Kat

>>Ingredientes

>Casca:
150g de chocolate meio amargo fracionado
Uma forma de silicone ou acetato de 300 gramas

>Recheio:
220g de chocolate derretido​
100g de creme de leite
2 tabletes de Kit Kat

>>Modo de preparo:

> Derreta os 150g de chocolate meio amargo fracionado em banho maria ou no microondas, mexendo a cada 30 segundos
> Quando o chocolate estiver completamente derretido, espalhe uma camada fina nas forminhas de ovo de chocolate usando uma colher. Deixe na geladeira por 5 minutos
 e retire para adicionar o recheio
> Faça uma ganache com o chocolate e creme de leite e faça uma camada dentro da casca. Adicione pedaços de Kit Kat por cima, picados de maneira uniforme para facilitar
 a cobertura. Cubra o chocolate com o restante da ganache
> Para decorar, polvilhe com Kit Kat moído ou picado a seu gosto e reserve na geladeira novamente, desta vez por 20-30 minutos

>> Rendimento: uma casca de 300 gramas

Receita da Bruna: Ovos trufados de prestígio

>>Ingredientes

>Casca:
250 de chocolate ao leite da garoto ou de chocolate fracionado
Uma forma de acetato de 350 gramas

> Recheio
1 lata de leite condensado
1 pacote de coco ralado de 200g
1 caixa de creme de leite
1 colher de sopa de manteiga

>>Modo de preparo:

Casca com chocolate fracionado:
> Derreta o chocolate e mexa por 3 minutos até esfriar. Coloque na forma de acetato e leve para a geladeira. Após cinco minutos, retire para adicionar o recheio

Casca com chocolate ao leite: 
> Para fazer a temperagem é necessário o uso de um termômetro para controlar a temperatura
> Derreta o chocolate no máximo até 40 graus
> Após derretido, despeje o chocolate em uma pedra de mármore ou sobre a pia ou mesa bem higienizadas. Mexa bem até que atinja 28 graus. Feito isso, leve para a geladeira
 e reserve

> Recheio:

> Misture os ingredientes do recheio e leve ao fogo médio, mexendo até engrossar
> Recheie a casca de ovo com o prestígio e feche a casca com uma camada fina de chocolate e reserve na geladeira novamente. O ovo pronto dura até cinco dias conservado na geladeira

>> Rendimento: uma casca de 300 gramas

Contatos para encomendas:

Bruna Silva
Jardim Santo André, São Paulo
Facebook: Império dos Bolos Bruna​
Instagram: @imperiodosbolosbruna

Lara Almeida
Jardim Ângela, São Paulo​
Instagram: @Laralmda
WhatsApp: (11)95882-5664

Núbia Pifano
Viçosa, Minas Gerais
Facebook: Brigaderia Gerais
Instagram: @brigaderiagerais


 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias