Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

BBB24
Descrição de chapéu BBB do Vaquer

BBB 24: Com um mês no ar, reality vira hit entre adolescentes e chega a 100 milhões de pessoas

Atração cresce resultados em relação a edição de 2023 e também dá resultado comercial para empresas patrocinadoras

Tadeu Schmidt na casa do BBB 24: reality é hit com jovens e chega a 100 milhões de pessoas na TV aberta - Manoella Mello - 5.jan.2023/Glob
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Aracaju

O BBB 24 é um sucesso para a Globo. Com um mês no ar completados na última quinta-feira (8), a emissora já faz um balanço do resultado dos 30 primeiros dias. E eles são contundentes.

O F5 teve acesso exclusivo ao balanço do primeiro mês do BBB 24. Ao todo, pelo menos 100 milhões de pessoas assistiram na TV ao reality comandado por Tadeu Schmidt. É maior que o alcance da Globo em 2023, que anunciou falar em média com 74 milhões de brasileiros.

Essa audiência representa a maior vantagem competitiva da Globo sobre a soma de todos os concorrentes na TV aberta e quase o dobro (87%) que a soma de todos os streamings e plataformas de vídeo online no horário em que a atração vai ao ar.

A repercussão nas redes sociais também cresceu. No primeiro mês de exibição, foram mais de 4 milhões de buscas no Google e mais de 19 milhões de publicações sobre o programa nas redes sociais, 42% a mais do que as registradas no mesmo período do BBB 23.

A audiência cresceu 11% em relação à edição de 2023 no Painel Nacional de Televisão e em São Paulo. Cada ponto no PNT equivale a 651 mil pessoas. Na capital paulista é algo na casa de 191 mil indivíduos.

Goiânia (29%) e Campinas (28%) são as praças que apresentam os maiores crescimentos. Rio de Janeiro (24 pontos) e Belém (23 pontos) são as regiões com as maiores audiências do país.

Como já falamos neste espaço, o Globoplay tem muito o que comemorar. O BBB 24 teve o melhor mês de estreia do programa da história da plataforma da Globo, com um crescimento de 34% em consumo e de 22% em usuários alcançados em relação ao edição do ano passado. Foi o programa mais assistido na plataforma, tanto no ao vivo como no on demand.

O reality também é um grande sucesso entre os adolescentes, que estão assistindo bem menos TV aberta do que em anos atrás, por conta do advento das plataformas digitias. A audiência da Globo cresceu 7% entre pessoas de 12 a 17 anos com o BBB 24 em relação a média do horário.

Quem também está feliz são as marcas que anunciam no programa. O Mercado Livre viu seus números explodirem depois de patrocinar uma das provas do líder desta edição. A ação registrou aumento de 99% nas vendas brutas da marca.

Durante a execução do jogo, a empresa bateu recorde de leituras do QR Code e registrou um crescimento de 36% no uso de cupons em comparação com a média do ano passado.

Já a Oi registrou um aumento de 20% no e-commerce e de 6% nas vendas de Oi Fibra nos canais físicos em relação ao último trimestre de 2023, quando não tinha a exposição do Big Brother Brasil.

Os termos usados pelo programa também ajudam os anunciantes a se darem bem. O destaque neste sentido fica para Seara, que embarcou nas conversas sobre o termo "Calabreso", que viralizou na semana passada.

A marca aumentou em 24 vezes o número de menções nas redes sociais em relação ao que registrou no mesmo período do BBB 23, em que também esteve entre os patrocinadores). Na primeira prova do líder da marca, foram registradas cerca de 60 mil menções nas redes.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas