BBB20

BBB 20: Cronômetro para final do programa muda e intriga brothers: 'Universo paralelo'

Reality será estendido em quatro dias, terminando no dia 27

Brothers especulam mudança no telão: 'Esse programa não acaba nunca' - Globo
São Paulo

O Big Brother Brasil 20 teve seu final adiado, como já foi informado ao público na última segunda-feira (13). Mas os competidores não receberam essa informação e ficaram intrigados ao perceber que o cronômetro que marca o tempo restante de programa mudou na noite de terça (14).

“A gente está num universo paralelo em que esse programa não acaba nunca”, brincou Manu após o marcador mudar de oito para dez dias. Os seis brothers que continuam na casa chegaram a se reunir diante do painel e contaram os segundos, imaginando que o tempo estivesse passando da maneira errada.

“Não está dando um minuto”, afirmou Thelma, antes de todos começarem a contar. Manu ainda deu a ideia de que a contagem dos números fosse feita com a palavra Mississipi. Eles contaram juntos e os segundos e concluíram que estava errado: “Está dando 30 segundos”, disse Rafa. “Está errado, a gente viu”, afirmou Mari.

Os brothers aproveitaram o Raio-X a manhã desta quarta (15) para comentar o assunto: “Ontem o cronômetro voltou, a gente não sabe ainda de nada”, disse Ivy. “A gente tem uma contagem regressiva na sala e ontem aumentaram dois dias, o que isso quer dizer?”, questionou Manu.

O programa estava previsto para acabar em 23 de abril, mas foi estendido até o dia 27, como o apresentador Tiago Leifert afirmou ao público. Os brother, no entanto, ainda não foram informados, mas comentaram após a mudança do cronômetro, que o contrato que assinaram apontava essa possibilidade.

Além da mudança no cronômetro, a noite de terça foi movimentada também pela eliminação de Gizelly, no Paredão que disputada com Babu e Mari. Após a saída do programa, a advogada teve a oportunidade de falar com Marcela, que já tinha sido deixado o BBB, e voltou a afirmar que quer a saída de Babu.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem