BBB18

Fãs organizam votações e passam até 30 h sem dormir na reta final do BBB 18

Kaysar, família Lima e Gleici disputam a final, que acontece nesta quinta (19)

Kaysar, família Lima e Gleici são os finalistas do BBB 18
Kaysar, família Lima e Gleici são os finalistas do BBB 18 - Reprodução/Globo

Rio de Janeiro

A família Lima, Gleici e Kaysar não fazem a menor ideia da movimentação e da loucura dos fãs faltando poucas horas para a final do BBB 18. Mutirões de votação, divulgação intensa nas redes sociais e até o velho boca a boca são estratégias adotadas rumo ao título de campeão do reality.

Os participantes estão na final do BBB 18, que acontece nesta quinta (19), e competem pelo prêmio de R$ 1,5 milhão para o primeiro lugar. O segundo colocado recebe R$ 150 mil e o terceiro, R$ 50 mil. 

Se depender do esforço da torcida da Gleici, dificilmente a acreana perde essa final. Faltando poucas horas para o último episódio desta edição, 100 conterrâneos lideram um grande mutirão de votação em favor da estudante de psicologia. Quem está à frente do grupo é a amiga Aline Lima, que também tem aval da família Damasceno. Mobilizados desde ontem, a promessa era não dormir nas 30 horas seguintes.

"Estamos nos falando direto e já existe uma grande mobilização de amigos, amigos dos amigos, parentes, parentes dos parentes, vizinhos e até pessoas que não conhecem a Gleici. Somos 100 pessoas, não só da capital como de todo o Estado. Queremos ajudá-la a realizar esse sonho. Estamos bem confiantes."

Desde que Tiago Leifert anunciou que a votação estava aberta na noite de terça-feira (17), a enfermeira Jane Nery só saiu do computador para as refeições e ir ao banheiro. Desempregada, ela já perdeu as contas dos seus votos em favor da Gleici.

"Parei de contar, mas até a hora do almoço desta quarta-feira cheguei a 500. Quero dar dois mil e quinhentos", contou Jane, que confia na vitória da "sister". "Ela merece. Não passou por cima de ninguém e tem uma história de vida tão triste como a do Kaysar. Não enfrentou os horrores da guerra, mas chegou a passar fome."

Os parentes do Kaysar também se mobilizam pedindo votos para ao sírio. Sem saber direito como funciona o esquema de grupos e fã-clubes, eles preferem deixar a movimentação mesmo nas mãos dos seguidores do garçom.

Só no Instagram, o brother já atingiu a marca de 2,1 milhões de seguidores. "A gente pede que votem em Kaysar por meio de redes sociais. Não temos grupos, não lideramos nada", explicou o primo Nassib  Abage, que disse também pedir votos no "corpo a corpo" com fãs do sírio em Curitiba.  

LANCHE PARA NÃO DESANIMAR

Moradora de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, Angela Pereira não só atendeu o pedido da família de Kaysar como trouxe mais dois aliados nessa reta final do BBB 18, o marido Welton Flaviano e o sobrinho João Vitor. O trio praticamente não dorme desde terça.

"Meu marido fica no computador e eu e o meu sobrinho nos telefones. Essa madrugada, cheguei a fazer vários lanches para os dois não desanimarem. Acho que dormimos duas horinhas e aí fomos trabalhar. Até a final, as nossas noites serão longas", admitiu a empregada doméstica, que disse ser uma fã empenhada do programa.

"Desde a primeira edição, eu escolho um 'brothe'r para torcer e participo da votação. Voto muito. Ano passado, escolhi a Emilly e acredito ter dado mais de 30 mil votos durante todo o programa. No Kaysar, esse número é muito maior. Perdi as contas", calcula Angela.

Aos 24 anos, a estudante Grasielly Neves é outra que não dorme direito nos últimos dias. Desempregada, ela tem cruzado os dedos para a internet não cair em Anori, comunidade ribeirinha a 234 quilômetros de Manaus, para poder “votar sem parar” no seu favorito ao prêmio de R$ 1,5 milhão.

"A Gleici é uma menina muito bacana e merecia também ganhar, mas eu quero que o Kaysar ganhe. Ele é mais simpático, mais alegre e menos 'quizumbeiro'", detalha.

Grasielly acredita que nos últimos dois dias já deu mais de dois mil votos: "Estou acordando às 6h da manhã e dormindo 1h da madrugada. Só não voto quando vou ao banheiro." 

FAMÍLIA QUE VOTA UNIDA

Presidente do fã clube Ana Clara BBB18, Rafael da Costa diz ter "se dividido em mil" nas últimas 48 horas. Além de votar sem parar, ele monitora os membros dos seus grupos — um no Facebook e três no WhatsApp. — Somando tudo, o rapaz é responsável por quase mil fãs da ruivinha do reality show.

"A gente não colocou um limite de votos. O que estamos fazendo é uma maratona de votação sem parar. Eu, por exemplo, sou operador de caixa de uma farmácia e, no meu horário de expediente, coloco meu irmão de 13 anos para votar. Outros colocam o pai ou mãe, o filho ou marido e por aí vai", explica o rapaz de 19 anos, que mora em Volta Redonda, município do sul fluminense. 

Uma novidade nesta final é que os moradores do Acre, que tem diferença de duas horas a menos do fuso horário de Brasília, poderão assistir a decisão ao vivo e acompanhar a votação da acreana Gleici.

último paredão nesta terça (17) eliminou Paula, com 62% dos votos contra 38% da família Lima. A votação da final, diferente das últimas eliminações, define quem ganha. Assim, os telespectadores devem votar no seu participante favorito.

O programa vai ao ar após a novela "O Outro Lado do Paraíso". Na sexta-feira (20), todos os participantes se reúnem mais uma vez na #RedeBBB, comandado por Fernanda Keulla e Vivian Amorim, a partir das 12h30, no GShow e no Globoplay.

UOL
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem