BBB18

Paula e Jéssica vencem prova do líder após 14 horas de disputa

Ayrton e Breno desistiram da competição a pedidos do pai da família Lima

Paula e Jéssica vencem prova do líder após 14 horas de disputa
Paula e Jéssica vencem prova do líder após 14 horas de resistência - Reprodução/Globo

São Paulo

Paula e Jéssica se tornaram as novas líderes do Big Brother Brasil 18 após resistirem por mais de 14 horas na prova disputada desde a noite desta quinta-feira (8).

A dupla terá que entrar em um consenso sobre a pessoa que indicarão ao paredão no domingo (11). Apenas uma delas terá direito à imunidade, enquanto a outra ganhará R$ 10 mil. 

Ayrton e Breno, Jéssica e Paula, Kaysar e Caruso, Viegas e Wagner, e Diego e Patrícia foram as duplas que disputaram a liderança. Viegas e Wagner foram os primeiros a deixar a prova após o músico se esquecer de apertar o botão.  

Caruso e Kaysar queimaram a largada e foram eliminados depois de quase nove horas de prova. Já Diego e Patrícia desistiram da disputa após 13 horas de prova. Ayrton e Breno desistiram da competição por pedidos do pai da família Lima.

QUARTO SECRETO

Gleici ganhou o direito de ficar isolada num quarto secreto do Big Brother Brasil 18, reality da Globo, na terça (6). A acriana foi a menos votada em um paredão triplo que eliminou somente Mahmoud.

Quando voltar ao confinamento, nesta sexta (9), Gleici irá alguém para o próximo paredão. Outra regalia é a imunidade: ela está fora da berlinda da semana. 

Assistindo os "brothers", Gleici especulou sobre quem são os seus algozes. "Quem queria mesmo me tirar da casa eram Patrícia e Diego." Ela também refletiu sobre o comportamento de Diego em relação a ela: "Simplesmente não gosta de mim. Nunca fiz nada para ele."

A acriana também tirou suas conclusões sobre Jéssica, que ela garante não ter motivos para ter votado nela. "Eu estou com ranço porque ela votou em mim e ela teria motivos para votar em outra pessoa. Não era para ela votar em mim, então eu acho ela uma marionete."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem