A Fazenda 12

A Fazenda 12: Record investe cerca de R$ 1,5 milhão em cachês dos peões, diz colunista

Apresentado por Marcos Mion, reality deve estrear no dia 8 de setembro

Marcos Mion na sede de A Fazenda 11
Marcos Mion na sede de A Fazenda 11 - Antonio Chahestian/Record
São Paulo

A 12ª edição de A Fazenda está com estreia prevista para 8 de setembro. Há cerca de um mês, alguns nomes do elenco desta edição começaram a circular e, mais recentemente, o valor do cachê que a emissora estaria disposta a pagar para atrair os famosos.

O prêmio para o vencedor é de R$ 1,5 milhão. Essa quantia é a mesma que a emissora liberou para o cachê dos 24 participantes, que assinaram contrato, segundo o colunista Fefito, do portal UOL. Ele afirma que os contratos dos peões variam entre R$ 60 mil e R$ 70 mil, e serão parcelados em três vezes.

Procurada, a Record diz que não iria comentar os valores pagos aos participantes. Ao todo, 20 artistas vão entrar em A Fazenda, e 4 permanecerão na reserva. A emissora ainda não deu detalhes sobre a nova edição, mas já se sabe que os peões começaram a realizar exames da Covid-19 nesta semana. Eles devem ficar isolados por oito dias em um hotel até serem levados para a Fazenda, que fica na Grande São Paulo.

A lista oficial dos participantes será divulgada somente no dia da estreia. Apesar disso, alguns nomes estão sendo especulados, como o de Jojo Todynho, MC Mirella, Kadu Moliterno, Felipe Prior e Paula Amorim.

Segundo a Record, o novo protocolo –em virtude da pandemia– não irá eliminar a presença da plateia, que ficará dividida em bolhas plásticas para cumprir o distanciamento social. Os competidores também terão menos contato com Marcos Mion, apresentador do reality.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem